ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 19º

Economia

Queda no preço dos combustíveis nas refinarias não chega aos postos de MS

Petrobras anunciou queda de 3% na gasolina e diesel mas redução não chega ao bolso do consumidor

Por Rosana Siqueira | 21/01/2020 17:19
Prelo médio da gasolina foi cotado a R$ 4,279 em média em Campo Grande. (Arquivo)
Prelo médio da gasolina foi cotado a R$ 4,279 em média em Campo Grande. (Arquivo)

A queda de 3% nos preços da gasolina e diesel anunciada na semana passada pela Petrobras nas refinarias ainda passa bem longe das bombas dos postos de Mato Grosso do Sul. Pesquisa da ANP (Agência Nacional de Petróleo), divulgada no final de semana, aponta que o custo médio da gasolina está em R$ 4,374 no Estado, sem grandes mudanças em relação ao início de janeiro. O valor mínimo praticado no Estado ficou em R$ 4,099 e o máximo a R$ 4,849.

Na Capital o custo ficou em média cotado a R$ 4,279, com o menor valor a R$ 4,099 e o maior a R$ 4,449. No interior Corumbá teve o preço mais elevado de R$ 4,722.

No caso do etanol os custos até subiram. O valor médio no Estado foi encontrado a R$ 3,662, com o litro mais caro vendido a R$ R$ 4,099 e o mais barato a R$ 3,439. Em Campo Grande os preços variaram de R$ 3,439 a R$ 3,777 e o custo médio ficou em R$ 3,662.

O litro do diesel ficou em R$ 3,837 no tícket médio com o maior preço cotado a R$ 3,519 e o mais elevado a R$ 4,239.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário