ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 29º

Economia

Redução da Petrobras deve fazer litro do diesel cair até R$ 0,22 em MS

A mudança no preço médio de venda do diesel A para as distribuidoras valerá a partir de amanhã

Por Mylena Fraiha | 07/12/2023 13:28
Funcionário abastece veículo em posto de combustíveis da Capital (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
Funcionário abastece veículo em posto de combustíveis da Capital (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Petrobras anunciou que a partir desta sexta-feira (8) haverá uma redução no preço médio de venda do diesel A para as distribuidoras. A medida, que busca refletir as condições favoráveis de refino e logística da empresa, resultará em uma diminuição de R$ 0,27 por litro, fixando o novo preço em R$ 3,78 por litro.

O Sinpetro (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo e Lubrificantes) de Mato Grosso do Sul prevê um impacto médio de R$ 0,22 centavos nas bombas de combustível do estado.

Segundo a entidade, as alterações nos preços devem ser percebidas nas próximas semanas, uma vez que distribuidoras e postos ajustarão seus valores conforme as mudanças anunciadas pela Petrobras.

“Como sempre frisamos, o mercado é livre tanto para distribuidoras como para os postos, mas normalmente assim que os pedidos chegarem com preços alterados nas distribuidoras e postos devem ocorrer tais alterações”, explica a assessoria da Sinpetro.

Com a mistura obrigatória de 88% de diesel A e 12% de biodiesel, a redução da parcela da Petrobras no preço ao consumidor será de R$ 0,24 por litro, totalizando uma média de R$ 3,33 por litro nas bombas.

Dessa forma, o preço médio do diesel A S10 nas bombas poderá atingir o valor de R$ 5,92 por litro, considerando que o Levantamento de Preços de Combustíveis da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) para a semana de 26 de novembro a 02 de dezembro indicou um valor médio de R$ 6,16 por litro.

Entretanto, é importante destacar que o valor efetivamente cobrado ao consumidor final é influenciado por diversos fatores, como impostos, mistura de biocombustíveis e margens de lucro de distribuição e revenda.

Além disso, a Petrobras salienta que a estimativa é referencial, e as autoridades competentes devem fiscalizar práticas abusivas ou lesivas ao consumidor. No acumulado do ano, a variação do preço de venda de diesel A para as distribuidoras é uma redução de 15,8%, equivalente a R$ 0,71 por litro.

Outros combustíveis - Quanto à gasolina, a Petrobras mantém os preços estáveis desde o último ajuste em 21 de outubro deste ano, resultando em uma redução acumulada de R$ 0,27 por litro no ano.

Já o GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), popularmente conhecido como gás de cozinha, permanece inalterado desde 01 de julho deste ano, com uma redução acumulada de R$ 10,40 por botijão de 13 kg no ano.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias