A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 26 de Maio de 2018

30/12/2011 09:53

Seguro-desemprego terá reajuste de 14,1% a partir de janeiro

Aline dos Santos

Acompanhando o aumento do salário mínimo, o seguro-desemprego terá reajuste de 14,1% a partir de primeiro de janeiro de 2012. A resolução do Codefat (Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador) foi publicada hoje no Diário Oficial da União.

Para cálculo do valor do benefício, segundo as faixas salariais, serão aplicados os seguintes critérios: quando a média dos três últimos salários anteriores à dispensa for de até R$ 1.026,77, o valor da parcela será o resultado da média salarial multiplicado pelo fator 0,8; quando a média for entre R$ 1.026,78 e R$ 1.711,45, aplicar-se-á o fator 0,8 até o limite e, no que exceder, o fator 0,5. O valor da parcela será a soma desses dois valores.

E quando a média for superior a R$ 1.711,45, o valor da parcela será, invariavelmente, R$ 1.163,76.

O seguro-desemprego tem por finalidade promover a assistência financeira temporária ao trabalhador desempregado, em virtude da dispensa sem justa causa.

A partir de janeiro, o salário-mínimo passa de R$ 545 para R$ 622. Os critérios adotados para o reajuste são a inflação do ano anterior e a variação do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos anteriores.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions