A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

14/05/2017 17:50

Shoppings da Capital ficam lotados, mas movimento de compras é tímido

Consumidores disseram que foram passear com a família

Osvaldo Junior e Marcus Moura
No Norte Sul, movimento de consumidores é intenso (Foto: André Bittar)No Norte Sul, movimento de consumidores é intenso (Foto: André Bittar)

Muitas pessoas, mas poucas sacolas de compra nas mãos. Este é o cenário dos shoppings centers de Campo Grande na tarde deste domingo (dia 14). No Norte Sul Plaza, por exemplo, o movimento intenso refletiu até mesmo na dificuldade para se encontrar vaga no estacionamento. No entanto, isso não representou aquecimento das vendas no Dia das Mães, a segunda melhor data para o comércio, atrás apenas do Natal.

Consumidores ouvidos pelo Campo Grande News disseram que estavam apenas passeando com a família. Compras de presentes de última hora para as mães quase não se via. O consumo se restringiu às áreas de alimentação e lazer.

“Viemos confraternizar”, contou a consultora Fabiane dos Santos, 35 anos, que esteve, na tarde deste domingo, no Norte Sul Plaza, com o marido Izaías de Melo, 34, funcionário público e com os filhos Vítor, cinco anos, e Mayara, de oito. A família, como tantas outras, fez do complexo comercial um local de passeio.

Entre as pessoas que partilharam do mesmo programa, está a professora Roseli Alves dos Santos, 47 anos. Ela estava acompanhada da amiga Janaína Marques, 29, funcionária pública. As duas passeavam no Norte Sul com os respectivos filhos, Pâmela Meira, 22, e Pedro Henrique, 12 anos. Eles apenas faziam um lanche no local.

A bancária Fernanda Ferreira, 29 anos, também não foi ao shopping para comprar, mas sim para tomar sorvete com a família após almoço do Dia das Mães.

No Bosque dos Ipês, havia número maior de pessoas que a média para o shopping, embora abaixo do verificado no Norte Sul Plaza. A atração, no local, é o parque pet, que reunia quantidade significativa de consumidores.

Assim como no Norte Sul, o consumo no Bosque dos Ipês se restringiu à praça da alimentação e aos espaços de lazer. A aposentada Elizete Viegas, 56 anos, esteve no local. “Vim aqui para passear com a família”, disse a aposentada, que estava acompanhada da filha, genro e netas.

Quem também esteve na tarde deste domingo no Bosque dos Ipês foi a autônoma Viviane Murer, 31 anos. Ela estava acompanhada do marido Fábio Sales, 34, assistente administrativo e das filhas Fábia, 12 e Flavielly, sete. "Viemos almoçar e já aproveitamos para passear", contou Viviane. 

 

Roseli, Pedro, Pâmela e Janaína (Foto: André Bittar)Roseli, Pedro, Pâmela e Janaína (Foto: André Bittar)
Fábia, Flaviane, Viviane e Fábio (Foto: André Bittar)Fábia, Flaviane, Viviane e Fábio (Foto: André Bittar)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions