A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

16/03/2017 16:17

Sindicato libera abertura de agência e dá prazo para banco repor quadro

Ricardo Campos Jr.
Agência do Bradesco da Costa e Silva abriu após negociação entre sindicato e empresa (Foto: Sindicato dos Bancários / divulgação)Agência do Bradesco da Costa e Silva abriu após negociação entre sindicato e empresa (Foto: Sindicato dos Bancários / divulgação)

O Sindicato dos Bancários liberou o funcionamento da agência do Bradesco da Avenida Costa e Silva, nesta quarta-feira (16), e deu prazo até segunda-feira (20) para a instituição bancária repor o quadro de funcionários do local. A entidade de classe afirma que o gerente da unidade foi demitido e a vaga não foi reposta, sobrecarregando o restante da equipe.

Segundo o presidente do sindicato, Edvaldo Franco Barros, a medida afeta a qualidade do serviço oferecido aos clientes e torna o trabalho insalubre, uma vez que o local tem grande demanda. Chegou a ser cogitada uma pequena paralisação no local, mas a companhia encaminhou para a unidade dois funcionários de outras agência da cidade.

O sindicalista acrescenta que o problema afeta praticamente todas as unidades do Bradesco na Capital. “São várias as que estão deficitárias. De repente eles suprem a agência da Costa e Silva, mas precarizam outras. Nós vamos fazer um levantamento para saber. Todas as unidades trabalham além do limite. A partir do momento em que demite uma pessoa, a situação complica”, diz o presidente.

Segundo Edvaldo, a entidade pediu à direção do banco que sejam abertas novas contratações para resolver a situação definitivamente.

O problema tem afetado a empresa em todo o país e outras cidades sul-mato-grossenses. Ontem, segundo o sindicato, três funcionários da unidade de Coxim, a 260 quilômetros de Campo Grande, foram mandados embora.

O Campo Grande News entrou em contato com o Bradesco e a instituição disse que não vai comentar o caso.

Juíza federal derruba outra vez aumento dos combustíveis
A juíza Adverci Rates Mendes de Abreu, da 20ª Vara Federal de Brasília, concedeu liminar que suspende o aumento do PIS/Cofins sobre os combustíveis. ...
Dólar cai 1% seguindo exterior, entrada de fluxo e avanço das commodities
O dólar ampliou a queda ante o real nesta tarde de sexta-feira, 18, em meio a uma entrada acentuada de fluxo devido à aproximação do cronograma de pa...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions