A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

18/01/2009 18:44

Sudeco vai garantir pesquisas em MS, com auxílio do FNDR

Redação

Pelo menos 2% de recursos devem ser aplicados em pesquisas no Centro-Oeste, com a recriação da Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste). O engenheiro Frederico Valente, diretor de promoção de investimento da SCO/MI (Secretaria de Desenvolvimento do Centro-Oeste, do Ministério da Integração Nacional), informa que a criação do FNDR (Fundo Nacional de Desenvolvimento Regional) também impulsionará os recursos de pesquisa.

Valente explica que o FNDR terá cerca de R$ 500 milhões para 2009, representando mais de R$ 10 milhões para pesquisa. Em Mato Grosso do Sul, segundo ele, também deverão ser destinados investimentos na área de infra-estrutura de telecomunicações.

De acordo com o site do governo, a lei que institui a Sudeco no Centro-Oeste foi sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva no dia 8 de janeiro e publicada no DOU (Diário Oficial da União) de 9 de janeiro de 2009.

Na publicação, consta que a lei estabelece que a Sudeco será uma instituição de natureza autárquica especial, com autonomia administrativa e financeira, integrante do sistema de planejamento e de orçamento federal, vinculada ao Ministério da Integração Nacional e com sede e foro em Brasília.

No texto da lei, o FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) terá um orçamento de R$ 3.231.697.291,00 para aplicação nos Estados da região em 2009, sendo que 10% deste total, cerca de R$ 323 milhões, se destinam exclusivamente ao Pronaf (Programa Nacional de Agricultura Familiar). A programação foi aprovada no dia 10 de dezembro de 2008, em Brasília, durante a 49ª Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo do FCO.

E o Ministério da Integração reforça que os Estados de Goiás e Mato Grosso terão parcelas iguais de recursos, recebendo aproximadamente R$ 843,5 milhões cada um. Mato Grosso do Sul ficará com R$ 668,9 milhões e o Distrito Federal com R$ 552,6 milhões.

Procon da Capital abre campanha para orientar comércio e consumidor no Natal
O Procon (Subsecretaria de Proteção e Defesa do Consumidor) de Campo Grande dá início nesta segunda-feira (18) a uma semana de orientação e atendimen...
Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions