ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, TERÇA  30    CAMPO GRANDE 20º

Economia

TAM é condenada a pagar 30 mil por impedir embarque de casal em Campo Grande

Por Ângela Kempfer | 09/06/2015 10:38

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul condenou a empresa TAM a pagar R$ 30 mil em danos morais a casal que foi impedido de viajar para Maceió.

Os dois saíram de Deodápolis e foram impedidos de embarcar em Campo Grande porque os nomes nas passagens estavam grafados de forma incorreta.

A empresa também terá de ressarcir os clientes em R$ 2.567,22 e R$ 273,30, valores referentes as passagens e taxas de embarque.

Eles compraram 4 passagens, ida e volta, tiveram a confirmação das reservas com os respectivos nomes, mas no momento do embarque foram barrados.

A TAM entrou com recurso, alegando que os bilhetes com os nomes foram preenchidos de acordo com as informações repassadas pelos passageiros, mas teve a apelação negada.

O TJ considerou comprovado o erro da empresa. Documentos anexados ao processo mostraram o preenchimento correto dos respectivos nomes no momento da compra das passagens pela internet e que o equívoco ocorreu na emissão das passagens.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário