ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 24º

Economia

Voa Brasil atenderá aposentados e estudantes do ProUni

Programa de passagens a R$ 200 será lançado em fevereiro

Por Gustavo Bonotto | 09/01/2024 23:00
Passageiros são atendidos em guichês eletrônicos em aeroporto. (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)
Passageiros são atendidos em guichês eletrônicos em aeroporto. (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

Aposentados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e bolsistas do ProUni (Programa Universidade para Todos) serão os primeiros segmentos beneficiados pelo programa Voa Brasil, que vai assegurar passagens aéreas a R$ 200 por trecho.

Previsto desde meados do ano passado, até então sem público-alvo anunciado, o programa ainda não saiu do papel. De acordo com o ministro de Portos e Aeroportos, Sílvio Costa Filho, a iniciativa será finalmente lançada pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), até o início do mês que vem.Campo Grande News - Conteúdo de VerdadeCampo Grande News - Conteúdo de Verdade

"A gente espera que o presidente possa anunciar, agora no final de janeiro, mais tardar no início de fevereiro, um programa de passagens a R$ 200, que serão para dois públicos específicos num primeiro momento, o público de aposentados do INSS, que dá em torno de 20 milhões de brasileiros, e também para alunos do Prouni, que atinge 600 mil estudantes", anunciou em entrevista à Agência Brasil, nesta terça-feira (9), no Palácio do Planalto, após se reunir com o presidente.

Em postagem nas redes sociais, Lula escreveu sobre a reunião. "Me reuni hoje com o ministro dos Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, e o presidente do Sebrae, Décio Lima. Conversamos sobre o programa Voa Brasil, para oferecer passagens com preços mais baixos para aposentados e prounistas", disse o presidente.

De acordo com o ministro, além do estudantes de baixa renda do Prouni, os aposentados do INSS que terão direito a passagem mais barata são aqueles que ganham até dois salários mínimos. No dia do lançamento do programa, o governo já deverá informar o número de passagens a serem disponibilizadas.

A previsão de Silvio Costa Filho é que 2,5 milhões a 3 milhões de pessoas que nunca viajaram de avião ou não viajam há mais de 12 meses consigam adquirir passagens aéreas pelo programa, ampliando a democratização do acesso ao transporte aéreo no país.

Receba as principais manchetes no seu celular. Clique aqui e acesse o canal de notícias do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias