ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 13º

Educação e Tecnologia

Com vagas em UFGD e IFMS, chance de ingresso pelo Sisu cai 69% em MS

Maior universidade do Estadom, UFMS aboliu a forma de ingresso

Por Tainá Jara | 25/02/2021 15:40
Campus da UFGD localizado em Dourados (Foto: Divulgação/UFGD)
Campus da UFGD localizado em Dourados (Foto: Divulgação/UFGD)

A UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e o IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) vão ofertar 1.929 Sisu (Sistema de Seleção Unificado), em 2021. O número representa, até o momento, uma redução de 69% em relação a 2020 na oferta total de vagas para o Estado.

O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) vai disponibilizar 1.000 vagas em 25 cursos pelo sistema de ingresso. Em 2020, foram 120 vagas ofertadas em quatro cursos.

Passando a adotar apenas o vestibular e o Passe (Programa de Avaliação Seria Seletiva). A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) encerrou a forma de ingresso para este ano.

O Sisu é organizado pelo Ministério da Educação e utiliza a nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) para classificar os candidatos. Algumas instituições têm abolido a forma de ingresso nos último anos, o que, alguns especialistas em Educação, consideram um retrocesso e elitizam o ensino superior público.

No ano passado, foram abertas 6.221 vagas para nível superior nas instituições federais do Estado pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificado). A oferta é menor em relação a 2019, quando as universidades e institutos disponibilizaram 7.883 pela plataforma acessível aos participantes do Enem. A redução foi de mais de 20%.

Para a seleção que acontecerá no primeiro semestre, serão disponibilizadas 929 vagas em 35 cursos da UFGD, divididas entre ampla concorrência (457 vagas) e cotas pela Lei nº 12.711/2012 (472 vagas).

Dessa forma, aproximadamente metade das vagas de cada curso são reservadas para estudantes que cursaram todo o ensino médio em escola pública, com recorte sobre a renda familiar e cotas para negros (pretos e pardos) e indígenas.

A lista dos 35 cursos é composta por: Administração, Agronomia, Artes Cênicas, Biotecnologia, Ciências Biológicas (Licenciatura e Bacharelado), Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Ciências Sociais, Direito, Educação Física, Engenharia Agrícola, Engenharia Civil, Engenharia de Computação, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Aquicultura, Engenharia de Energia, Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica, Física, Geografia, Gestão Ambiental, História, Letras,  Matemática, Medicina, Nutrição, Pedagogia, Psicologia, Química (Licenciatura e Bacharelado), Relações Internacionais, Sistemas de Informação e Zootecnia.

A página da UFGD com os todos os documentos referentes ao Sisu pode ser acessada no endereço eletrônico: https://portal.ufgd.edu.br/vestibular/sisu-enem/sisu2021-1.

O termo de adesão com os cursos, vagas, turno, local de oferta e a documentação para a matrícula e para a comprovação das políticas de ações afirmativas está publicado em: https://files.ufgd.edu.br/arquivos/arquivos/78/SISU-ENEM/Sisu%202021-1/termo_adesao_4504_UFGD.pdf.

Cronograma - As inscrições no Sisu serão gratuitas e ocorrerão de 6 a 9 de abril, pelo site: https://sisu.mec.gov.br/#/.

Para esta seleção serão exigidos, exclusivamente, os resultados obtidos pelos estudantes no Enem de 2020, que foi adiado em razão da pandemia de covid-19 e aplicado em janeiro e fevereiro deste ano.

O processo seletivo do Sisu acontecerá em uma única chamada e o resultado deve ser divulgado em 13 de abril. As matrículas serão de 14 a 19 de abril, em dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição de ensino.

O Sisu é o programa do MEC para acesso de brasileiros a um curso de graduação em universidades públicas do país. As vagas são abertas semestralmente, por meio de um sistema informatizado, e os candidatos com melhor classificação são selecionados de acordo com suas notas no Enem. Para se classificar, o estudante também não pode ter zerado a redação.

(Matéria alterarada às 17h05, desta quinta-feira, dia 25 de fevereiro de 2021, para acréscimo de informações)

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário