ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  29    CAMPO GRANDE 17º

Educação e Tecnologia

Estudantes do ensino médio acertam apenas 27% das questões de matemática básica

Ministério da Educação publicou resultados de testes aplicados em 2021 pelo Inep

Por José Roberto dos Santos | 20/05/2022 11:10
Alunos do ensino médio foram submetidos ao teste em 2021; número de acertos em língua portuguesa chegou a 57%. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
Alunos do ensino médio foram submetidos ao teste em 2021; número de acertos em língua portuguesa chegou a 57%. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Os estudantes do ensino médio da rede pública e privada que foram submetidos a uma pesquisa para avaliar a educação no país acertaram apenas 27% das questões de matemática básica.   Os dados foram revelados nesta quinta-feira (19) pelo Ministério da Educação e divulgados pelo portal G1. Mais de três milhões de alunos da rede pública e privada foram submetidos a avaliação. O teste foi aplicado pela primeira vez no ano passado.

Nesta sexta-feira (20), está prevista a divulgação dos dados dos alunos do ensino fundamental.

Em língua portuguesa, os alunos acertaram 57% das questões relacionadas ao tema. Já nas questões que diferenciam fato e opinião, o nível de acerto foi de apenas 50%.

Segundo a reportagem do portal, os resultados reforçam um quadro preocupante que vêm sendo apontado e discutido por especialistas em educação nos últimos anos.

As pesquisas de avaliação feitas pelos estados mostram que antes da pandemia os alunos das redes pública e privada estavam entrando no ensino médio com dois anos de defasagem, ou seja, ingressando no 1º ano do Ensino Médio sem dominar as habilidades do 8º do ensino fundamental.

Ensino médio – Segundo o portal do MEC (Ministério da Educaçao), todas as esferas administrativas apresentaram queda no número de alunos aprovados, em relação a 2020. A rede estadual, que abrange a maioria das matrículas do ensino médio, teve uma queda de 4,8 p.p. na taxa de aprovação e aumento na taxa de reprovação e abandono, respectivamente, de 1,6 e 3,2 p.p. Os números fazem parte do resultado da 2ª etapa do Censo Escolar 2021 publicados pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

A taxa de abandono do ensino médio alcançou 5,0% em 2021, influenciada pelo forte aumento da rede estadual. A única rede que não apresentou elevação na taxa de abandono foi a privada.

Censo Escolar – Principal pesquisa estatística da educação básica, o Censo Escolar é coordenado pelo Inep e realizado, em regime de colaboração, entre as secretarias estaduais e municipais de Educação, com a participação de todas as escolas públicas e privadas do País. O levantamento abrange as diferentes etapas e modalidades da educação básica: ensino regular, educação especial, EJA (educação de jovens e adultos) e educação profissional.

As matrículas e os dados escolares coletados servem de base para o repasse de recursos do Governo Federal e para o planejamento e a divulgação de dados das avaliações realizadas pelo Inep. O censo também é uma ferramenta fundamental para que os atores educacionais possam compreender a situação educacional do Brasil, das unidades federativas e dos municípios, bem como das escolas, permitindo acompanhar a efetividade das políticas públicas.

Essa compreensão é proporcionada por meio de um conjunto amplo de indicadores que possibilitam monitorar o desenvolvimento da educação brasileira, como o ldeb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), as taxas de rendimento e de fluxo escolar, a distorção idade-série, entre outros. Todos são calculados com base nos dados do Censo Escolar e parte deles servem de referência para as metas do PNE (Plano Nacional da Educação).

Nos siga no Google Notícias