ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 22º

Educação e Tecnologia

Questões de concurso da Semed são anuladas e candidatos reclassificados

A Prefeitura teve que publicar novamente a lista, em cumprimento das decisões judiciais

Por Izabela Cavalcanti | 08/05/2024 16:33
Fachada da Semed, localizada na Vila Margarida (Foto: Divulgação/Prefeitura de Campo Grande)
Fachada da Semed, localizada na Vila Margarida (Foto: Divulgação/Prefeitura de Campo Grande)

Duas questões da prova objetiva do Concurso Público para professor da Semed (Secretaria Municipal de Educação de Campo Grande) foram anuladas. A decisão foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (8).

Pela publicação, quatro candidatas judicializaram a prova e foi determinada a anulação das questões 25 e 28 para o cargo de professor – Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Com isso foram atribuídos dois pontos para essas candidatas alterando toda a lista com os 1.497 nomes.

A Seges (Secretaria Municipal de Gestão) teve que publicar novamente a lista com a reclassificação dos candidatos, em cumprimento das decisões judiciais. A classificação pode ser conferida no Diário Oficial do Município, de hoje, a partir da página 5.

A decisão tem caráter provisório e pode ser alterada no decorrer do processo, não gerando direito adquirido, salvo trânsito em julgado da sentença favorável.

A reportagem entrou em contato com a Prefeitura para questionar o que, de fato, levou à anulação, mas não teve resposta até a publicação desta matéria.

Em fevereiro deste ano, o Campo Grande News já havia noticiado a anulação de 15 questões deste mesmo concurso.

Questões com erros crassos geraram polêmica entre os participantes logo que a aplicação de provas terminou. Escrita como "concelho" em vez de conselho e confusão entre regiões do Brasil num mapa chocaram os candidatos.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias