ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  31    CAMPO GRANDE 18º

Educação e Tecnologia

Volta às aulas na pandemia é de agenda cheia em salões infantis

Escolas particulares que atendem crianças de 0 a 5 anos estão autorizadas a retomar atividades presenciais na segunda-feira

Por Tainá Jara | 17/09/2020 18:24
A cabelereira Ana Lúcia Torres faz atendimento individual e chegou a atender até 20 crianças no mesmo dia nas últimas semanas (Foto: Paulo Francis)
A cabelereira Ana Lúcia Torres faz atendimento individual e chegou a atender até 20 crianças no mesmo dia nas últimas semanas (Foto: Paulo Francis)

Como corte de cabelo em dia deixou de ser regra na quarentena, o retorno das aulas presenciais na Educação Infantil, a partir de segunda-feira, representou agenda cheia nos salões de beleza infantis de Campo Grande. O retorno ainda não tem data em algumas escolas, apesar da autorização, mas aparar as madeixas parece ter sido quesito básico para mandar os filhos de volta para atividades presenciais.

Proprietária de salão de beleza na Rua Euclides da Cunha, Ana Lúcia Torres, 44 anos, afirma que nas últimas três semanas o movimento voltou a ser o praticamente o mesmo ao de antes da pandemia.

“Está normalizando. Estou atendendo de 10 a 20 clientes por dias”, explicou.

Salões funcionaram abaixo da capacidade durante a pandemia (Foto: Paulo Francis)
Salões funcionaram abaixo da capacidade durante a pandemia (Foto: Paulo Francis)

Ela atende por ordem de chegada, mas garante a individualidade para evitar aglomeração. Álcool gel e máscaras são itens obrigatórios para o estabelecimento se manter em funcionamento. Conforme a cabeleireira, os pais comentaram sobre o retorno das aulas na próxima segunda-feira. “Hoje teve quatro que vão voltar”, relatou.

Não foi muito diferente em salão infantil da Vila Carlota. Atendendo com hora marcada e com todos os horários preenchidos na última semana, a estabelecimento ainda funciona aquém da capacidade. Com 10 horários disponíveis, o local costumava atender até 16 pessoas no mesmo dia antes da pandemia.

Gradualmente - As escolas de Educação Infantil estão autorizadas a funcionar a partir da próxima segunda-feira. A aulas presenciais estão suspensas desde o final de março.

No entanto, de acordo com a presidente do Sinep (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de Mato Grosso do Sul), Maria da Glória, diante das regras determinadas para retomar as aulas presenciais durante a pandemia, alguns estabelecimentos vão levar algum tempo para se adequar.

Cerca de 90 escolas planejavam retomar às aulas para crianças de zero a cinco ano. “Só que no projeto de biossegurança existem acréscimos além do que as escolas tinham elaborado”, explicou.

A instituição representa mais de 167 escolas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário