ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  08    CAMPO GRANDE 20º

Enquetes

Maioria dos leitores aprova que guardas metropolitanos portem fuzis

Prefeitura de Campo Grande autorizou ampliação para o uso de fuzis calibre 5.56

Por Mariely Barros | 26/07/2022 08:52
Modelo de fuzil T4 5.56 que será usado em Campo Grande que já é utilizado em outros municípios (Foto: Divulgação/Prefeitura de Arapongas) 
Modelo de fuzil T4 5.56 que será usado em Campo Grande que já é utilizado em outros municípios (Foto: Divulgação/Prefeitura de Arapongas)

Maioria dos leitores que participou da enquete de segunda-feira (25), concordam que os guardas municipais de Campo Grande passem a portar fuzis. Enquanto 53% votaram "sim", sinalizando ser a favor da ampliação do armamento dos agentes, outros 47 % votaram "não", se posicionando contra.

O leitor Paulo Oliveira comentou que apoia a ideia desde que as novas armas sejam usadas por guardas treinados. “Desde que preparados, sim! Mas não pra servir de enfeite e sim para atirar sempre que necessário!”.

"Com certeza, só treiná-los, investimento em segurança nunca é demais", comentou o leitor Carlos Neves, que também acredita que o treinamento seja importante nesta discussão .

Já o leitor Nil Garden foi contra o uso dos fuzis pelos guardas. “Sou contra pois na própria PM apenas a Força Tática , Bope e Choque portam fuzil”, opinou.

Para o leitor Helcio Oliveira, o uso de fuzil não é necessário na atual situação da nossa segurança pública: "Não concordo porque não estamos numa guerra mundial”, disse. Concordando com Hélcio, a leitora Raquel Terra comentou que sentiria na fronteira, onde os índices de criminalidade e violência são maiores: “Vai ficar parecendo quando estou no Paraguai, dá até medo aqueles homens com aqueles fuzis enormes na porta das lojas”.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Nos siga no Google Notícias