ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  17    CAMPO GRANDE 18º

Enquetes

Maioria dos leitores teme ser contaminada por “fungo negro” em hospital

Mais uma preocupação associada à covid-19, a mucormicose tem ocorrido entre pessoas internadas

Por Aletheya Alves | 08/06/2021 07:35
Fungo identificado como Mucor é um dos responsáveis pela mucormicose. (Foto: Getty Images)
Fungo identificado como Mucor é um dos responsáveis pela mucormicose. (Foto: Getty Images)

Conhecida como “fungo negro”, a mucormicose tem se tornado o novo temor em conjunto ao coronavírus. No Brasil, ocorrências foram registradas dentro de hospitais e, por isso, o Campo Grande News questionou se os leitores estão com medo da doença.

Do total, 59% respondeu que parar em um hospital e ser contaminado com o “fungo negro” é o novo temor na pandemia, enquanto 41% responderam que não. Parte da maioria, Maroly Oliveira relatou que segue com muito medo e por isso continua em casa para não haver possibilidades de internação e complicações.

Até agora, o que se sabe sobre o fungo é que ele age como uma doença necrosa afetando os tecidos da face. A contaminação ocorre quando há contato com um tipo de mofo e pode ser fatal em indivíduos imunodeprimidos.

De acordo com dados do Hospital das Clínicas de São Paulo, cirurgias complexas são necessárias para salvar os pacientes e 50% não resistem às complicações. No Brasil, há suspeitas dos casos em Mato Grosso do Sul, São Paulo, Santa Catarina e Manaus.

Maioria dos leitores responderam que estão com medo da contaminação pelo "fungo negro". (Foto: Reprodução)
Maioria dos leitores responderam que estão com medo da contaminação pelo "fungo negro". (Foto: Reprodução)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário