ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SEXTA  03    CAMPO GRANDE 29º

Enquetes

Três a cada 4 respondem não ter condições de comprar carro em meio a crise

Em 2021, Brasil registrou maior aumento na inflação, medida pelo IBGE, há duas décadas

Por Guilherme Correia | 28/09/2021 07:43
Veículos novos em concessionária de Campo Grande. (Foto: Kísie Ainoã/Arquivo)
Veículos novos em concessionária de Campo Grande. (Foto: Kísie Ainoã/Arquivo)

Ainda que o Brasil passe por uma crise econômica, com maior aumento no índice de inflação dos últimos 20 anos, algumas pessoas têm conseguido comprar veículo neste ano. Entretanto, eles representam uma minoria.

De acordo com o resultado de enquete do Campo Grande News, somente 25% das pessoas - cerca de uma a cada quatro - adquiriram automóvel em 2021. Desses, a menor parte (12%) são dos que compraram carro novo, enquanto 13% optaram por um usado.

Ainda segundo a votação, 75% dos leitores relatam que não têm condições para fazer essa aquisição.

Mercado - As negociações de carros usados tiveram um aumento expressivo em 2021, e ocupam espaço deixado pelos modelos novos.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a inflação no Brasil continua com o maior crescimento, de um mês para o outro, desde 2000. Em agosto deste ano, a variação foi de 0,87%, na comparação com julho. Já a relação entre julho e junho de 2021 foi de 0,96%. Ou seja, por dois meses consecutivos, esse índice tem sido os maiores neste século.

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, há uma escalada de preços que não se via desde o Plano Cruzado, na década de 1980. Dados publicados pelo veículo de imprensa indicam que a relação entre a venda de carros usados e novos é a maior em toda a análise feita. Para cada automóvel zero vendido no ano, foram comercializados 6,5 usados. O maior nível anterior tinha sido verificado em 2015, quando ficou em 5,5.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário