A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

19/04/2010 17:21

Dia do Índio leva centenas de crianças ao museu

Redação

O Museu do Índio (ou Dom Bosco), no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, recebeu nesta segunda-feira a visita de 136 crianças levadas por duas escolas particulares.

Foi um dia de festa e lições, com atividades preparadas especialmente para os alunos: oficina de argila, artesanato, pintura corporal e teatro de fantoche.

Aluno do 3º ano do Colégio Modelo, Vinicius Souza Lima, de 8 anos, conta que aprendeu a fazer pulseirinhas indígenas.

Já a aluna do 8º ano, Lethícia Gueiros, de 12 anos, disse que aprendeu bastante sobre a cultura indígena com o teatro. Por meio dos fantoches foram contadas duas histórias dos índios da etnia Bororo: a lenda do Guaraná e como surgiram as estrelas.

"Os cocares foram as coisas que mais me interessaram", diz a aluna Amanda Kethleen, de 12 anos.

As crianças deixaram o museu levando um pouco mais que um sorriso no rosto. As marcas da visita estão, literalmente, na cara e também nos braços, através das pinturas indígenas.

No caso da pintura nos braços, elas foram feitas com genipapo e vão permanecer nas crianças por até 15 dias. "Já avisaram que não adianta ficar esfregando que não sai", conta a coordenadora Patrícia Luz, do Colégio Modelo. As crianças levaram autorização dos pais para que a pintura fosse feita.

O biólogo Kwok Chiu Cheung, que trabalha no museu, conta que é frequente a visitação de escolas ao local. Mas tem muita gente que não sabe que o Museu do Índio está no Parque das Nações Indígenas, na última entrada pela avenida Afonso Pena.

Fundado em 1950, o Museu Dom Bosco abre de terça a sexta-feira, das 8h às 18h, e nos sábados, domingos e feriados, das 9h às 19h. Ele não abre às segundas-feiras, exceto em datas especiais, como hoje. Quando isso acontece, o museu fica fechado na terça-feira seguinte.

De acordo com Kwok Chiu Cheung, o Museu do Índio tem a coleção de artefatos Bororo mais completa do mundo.

Entre as etnias representadas estão Xavante, Terena, Bororo e Karajá. Os ingressos custam R$ 5,00. Visitas agendadas pelas escolas são gratuitas.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions