A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

03/09/2016 09:42

Em treino de GP da Itália, Hamilton bate Rosberg e lidera em Monza

Marcus Moura
 Lewis Hamilton bateu o companheiro e maior rival Nico Rosberg (1m22s401), sendo o mais rápido da atividade. (Foto: Reprodução) Lewis Hamilton bateu o companheiro e maior rival Nico Rosberg (1m22s401), sendo o mais rápido da atividade. (Foto: Reprodução)

Durante o treino classificatório de hoje (03) para o GP da Itália, Lewis Hamilton conquistou sua quinta pole position no Autódromo de Monza, igualando o recorde de Ayrton Senna e Juan Manuel Fangio. Hamilton continua numa campanha espetacular nessa temporada. Durante o Q3 a diferença de tempo entre Hamilton e o companheiro de equipe, Nico Rosberg, foi de quase meio segundo

Logo no início o francês Esteban Ocon, da Manor, teve problemas no carro e foi obrigado a abandonar a sessão sem ter completado a primeira volta. Seu parceiro, Pascal Wehlein conseguiu trabalhar bem o motor da Mercedes e avançou em 14°. A dupla da Renault, Jolyon Palmer e Kevin Magnussen também ficou pelo caminho. Felipe Nasr e Marcus Ericson não conseguiram avançar com Sauber para o Q2. Daniil Kvyat foi o último a fechar o bonde dos azarados que não completaram a prova, Fernando Alonso escapou por pouco com a McLaren. Lewis Hamilton avançou em primeiro, seguido por Rosberg. Destaque para Vettel e Raikkonen que classificaram em 3º e 5º, respectivamente, intercalados entre as RBRs de Ricciardo e Verstappen.

O Q2 foi ruim para Felipe Massa e acabou tirandon o brasileiro do treino, sendo empurrado nos segundos finais por Sergio Pérez e ficou de fora do top 10, em 11° lugar. Valtteri Bottas conseguiu a 4° colocação. Também garantiram vaga na superpole: Ricciardo (6º), Verstappen (8º), Pérez (9º) e Hulkenberg (10º). A surpresa ficou por conta de Gutiérrez, em 7º, avançando para o Q3 pela primeira vez na temporada com a Haas. Além de Massa, também caíram fora: Grosjean, Alonso, Werhlein, Button e Sainz.

Nos últimos instantes da prova, Rosberg melhorou sua volta em alguns centésimos, o que não foi o suficiente para bater Hamilton.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions