A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

05/11/2013 09:40

"Estrela" no deserto do futebol de MS, Patrícia sonha com Olimpíada e Mundial

Helton Verão
Aos 19 anos, atleta foi convocada novamente para a Seleção Brasileira Sub-20 para os treinamentos do Campeonato Sul-Americano que acontece em janeiro Aos 19 anos, atleta foi convocada novamente para a Seleção Brasileira Sub-20 para os treinamentos do Campeonato Sul-Americano que acontece em janeiro

O futebol sul-mato-grossense há muito tempo não anda bem das pernas, para afirmar isso, nem precisa ser nenhum profundo conhecedor. Imagine no futebol feminino que carece de incentivo e competições até mesmo nacionalmente. Com todos esses poréns, a sul-mato-grossense Patrícia Sochor, 19 anos, tem sido convocada para representar a seleção brasileira sub-20, as vésperas do Campeonato Sul-Americano, ela já sonha com as Olimpíadas e a Copa do Mundo.

A velocidade de Patrícia pelos flancos e a fome de gols despertou a atenção do técnico, Adílson Santos, que vem convocando-a e alimentando o sonho da jovem.

Na modalidade feminina profissional, sequer existem contratos que garantam vínculo e direitos das atletas, somente em outros países existe esta “política”. A jovem cita este amadorismo como principal empecilho para as mulheres terem o seu devido reconhecimento. “Para que isso (contrato) aconteça é só saindo do Brasil e é por isso que o futebol feminino não é tão valorizado”, ressalta a jovem atacante que até a última semana atuava pelo clube do Kindermann, da cidade de Caçador (SC).

Patrícia durante treinamentos com o grupo da seleçãoPatrícia durante treinamentos com o grupo da seleção
Jogadora credita sua convocação pelos ataques nos flancos do campo e os golsJogadora credita sua convocação pelos ataques nos flancos do campo e os gols

Apesar de sempre estar atuando por algum clube e se dizer tranquila com a questão financeira, Patrícia lamenta a dificuldade de ter o reconhecimento como acontece no futebol masculino. “Passei por muitas dificuldades para poder sair e jogar fora. Creio que se tivesse um pouco mais de incentivo e mais valorização poderia surgir uma equipe para jogar campeonatos de nível nacional aqui no Estado. Conheço muitas meninas que jogam muito bem e creio que poderiam trazer meninas de fora também pra ajudar, assim como todos os times fazem. Um alojamento, salário mensal e eles poderiam mudar isso”, avalia a jogadora.

Natural de Iguatemi, ela começou no Futsal atuando pela Escola Estadual Dolor Ferreira de Andrade, em Campo Grande. "Minha família toda está aqui no Estado, por mim não saia daqui, mas não tenho outra opção, já fazem quatro anos que estou fora de casa", revela a atacante.

De volta a Campo Grande, a atacante pretende dar continuidade ao trabalho para seguir sendo convocada. “Venho trabalhando duro para estar entre as 24 convocadas para o Sul-Americano em janeiro. Falta pouco tempo e Deus me deu a oportunidade mais uma vez de estar na seleção. Mas ainda tem outras, nada está definido, vou procurar trabalhar mais e mais pra estar lá”, almeja a atleta.

Atualmente apalavrada com o Comercial, de Campo Grande, Patrícia prevê perder parte do estadual para treinar com a seleção. “Vou jogar o campeonato Estadual pelo Comercial. Porém com essa convocação pegarei só o jogo das finais porque vou dia 13 e volto dia 25 (novembro)”, lembra a jogadora.

Os treinamentos em novembro irão acontecer no CT João Havelange, em Pinheiral (RJ). O Campeonato Sul-Americano que será disputado no Uruguai de 13 a 31 de janeiro.



Como esta entrevista trata-se da atleta PATRICIA... desejo aqui sucesso para sua carreira, pois somente pessoas que batalham e muito são merecedoras de reconhecimento, assim como você. PARABÉNS!!!
 
Kátia Maciel em 06/11/2013 09:20:44
Meu caro repórter se esquece de que por mais que o futebol feminino tá sem apoio, mas mesmo assim já tivemos outras atletas na seleção.// A primeira foi a Cidinha, de Três Lagoas, que foi nas Olimpíadas, Copa do Mundo, já encerrou a carreira, e atualmente a Bruna Benites, que sempre é escalada e a última participação foi numa competição amistosa em Nova Zelândia..Na ultima olimpíadas esteve com a seleção........ok.. só pra ajudar.........
 
antonio carlos em 05/11/2013 13:56:32
Enquanto a capital ficar prejudicando o interior para se engrandecer, o futebol de Mato Grosso do Sul continuara sendo essa coisa ai, em especial quando a capital não ganha, todos os meios de comunicação denigre a imagem das competições que o interior se destaca.
 
Decio Raitman em 05/11/2013 10:20:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions