A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

21/04/2019 08:13

Águia Negra joga pelo tri em MS e Aquidauanense busca título inédito

Estádio Ninho da Águia recebe final do Estadual neste domingo, a partir das 15h, com expectativa de 4 mil torcedores nas arquibancadas.

Gabriel Neris
Elenco do Águia Negra na véspera da decisão do Estadual (Foto: Oséias Pereira)Elenco do Águia Negra na véspera da decisão do Estadual (Foto: Oséias Pereira)

O campeão da 41ª edição do Campeonato Sul-mato-grossense será conhecido na tarde deste domingo (21) em Rio Brilhante, a 163 km de Campo Grande. Cerca de 4 mil torcedores devem lotar o estádio Ninho da Águia para acompanhar Águia Negra x Aquidauanense, a partir das 15h.

Com a vitória por 2 a 1 na semana passada, o time da casa entra em campo com a vantagem de poder perder por até um gol de diferença por ter feito melhor campanha na soma de todas as fases. Já o Azulão só poderá sair de campo com a taça em caso de vitória por dois gols de diferença. Não há disputa por pênaltis.

O Águia Negra entra em campo com a possibilidade de ser tricampeão estadual. Venceu as edições de 2007 e 2012, ambos em casa, e pode se juntar ao Ubiratan, único com três títulos do torneio. Por outro lado, o Aquidauanense pode se tornar o 13º campeão do Estado. Na única final que disputou, em 2011, deixou o título escapar para o Cene.

O time de Rio Brilhante chega à decisão após apostar no trabalho do técnico Rodrigo Casca. O time liderou praticamente toda a 1ª fase e deixou escapar somente na última partida, sendo derrotado exatamente pelo Aquidauanense em casa, por 2 a 1, o único revés em casa neste torneio.

Aquidauanense treina bola parada para decisão (Foto: Web TV Aquidauana)Aquidauanense treina bola parada para decisão (Foto: Web TV Aquidauana)

Nas quartas de final foi derrotado no jogo de ida pela Serc, por 1 a 0, mas em casa prevaleceu o mando de casa e se classificou com vitória por 2 a 0. Na semifinal despachou o Sete de Setembro com duas vitórias: 3 a 1 (fora) e 2 a 1 (casa).

Já o Azulão começou o seu trabalho ainda no ano passado com o título da Série B. Sob comando do técnico Mauro Marino, oscilou na tabela de classificação, mas por um ponto atingiu a 8ª colocação, escapando do rebaixamento e de quebra se garantindo nas quartas de final. As vagas nas fases seguintes foram sempre obtidas fora de casa, empate com o Operário no Morenão (1 a 1), após vencê-lo em casa por 1 a 0, e vitória sobre o Comercial (2 a 1) depois de 0 a 0 em Aquidauana.

Ficha técnica

Águia Negra – Filipe; Gugu, Virgulino, Herbert e Fabiano; Russo, Jorginho, Mario e Teteu; Kareca e Salomão. Técnico: Rodrigo Casca.

Aquidauanense – Diego; Ederson; Jaime, Tosta e Pereira; Giliard, Peterson e Agnaldo; Jefferson, Rodrigo e Everton. Técnico: Mauro Marino.

Árbitro: Marcos Mateus Pereira. Assistentes: Daiane Caroline Muniz e Eduardo Gonçalves da Cruz.

Local: Estádio Ninho da Águia, em Rio Brilhante.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions