ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 34º

Esportes

Após ouro nos 5.000, Yeltsin disputa nesta noite, a final dos 1.500

Atleta vai tentar o título paralímpico dos 1,5 mil metros; ele já é campeão dos 5 mil

Por Nyelder Rodrigues | 30/08/2021 19:00
Yeltsin busca o segundo ouro nesta noite; ele ainda pode faturar terceira medalha no sábado. (Foto: Wander Roberto/CPB)
Yeltsin busca o segundo ouro nesta noite; ele ainda pode faturar terceira medalha no sábado. (Foto: Wander Roberto/CPB)

Depois de conquistar o ouro inédito nos 5 mil metros do atletismo paralímpico nos Jogos de Tóquio 2020, em prova disputada na quinta-feira (26) passada, o sul-mato-grossense Yeltsin Jacques disputa nesta noite, a final dos dos 1,5 mil metros. A prova será transmitida ao vivo, pelo SporTV 2.

Correndo na classe T11, Yeltsin entra na pista às 20h35 (horário de MS). Ele é um dos favoritos, já que na bateria classificatória de domingo (29), ele foi o melhor de seu grupo, liderando do começo ao fim, com longa vantagem.

Yeltsin - que tem 29 anos e foi assim batizado por causa do ex-presidente russo Boris Yeltsin - fechou a série com a marca de 4min07s34. Além de conquistar a segunda medalha de ouro, ele tem chances de quebrar o recorde mundial.

Ao faturar o primeiro ouro em Tóquio, o fundista chegou a flertar com o recorde mundial dos 5 mil metros T11. O paratleta de Mato Grosso do Sul ficou a dois segundos de batê-lo. O recorde dos 1,5 mil é de 3min58s37.

"Agradeço a torcida, o apoio e as boas energias enviadas de Mato Grosso do Sul. A primeira missão foi cumprida. Agora, conto com a torcida de todos, os 1,5 mil metros vêm aí", disse Yeltsin, em entrevista recente. No sábado (4), ele ainda disputa a maratona da classe T12, seu último compromisso nas Paralimpíadas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário