A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

05/07/2014 13:55

Argentina bate a Bélgica e, após 24 anos, volta à semifinal da Copa

Lidiane Kober
Time Argentino comemorou o gol logo no início do primeiro tempo (Foto: Divulgação/Fifa)Time Argentino comemorou o gol logo no início do primeiro tempo (Foto: Divulgação/Fifa)

Depois de 24 anos sem lutar efetivamente pelo título de uma Copa do Mundo, a Argentina confirma seu favoritismo e está de volta a uma semifinal. Na tarde deste sábado (5), a seleção de Lionel Messi fez o suficiente para eliminar a Bélgica no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), venceu por 1 a 0 e segurou a vantagem com muita eficiência ofensiva.

A última vez que os argentinos haviam chegado a essa fase foi em 1990, na Itália, que passaram pela semifinal e perderam o título para a Alemanha Ocidental. O duelo pode se repetir em 2014, se os alemães passarem pelo Brasil na outra semifinal. Os argentinos caíram nas quartas em 2010, 2006 e 1998; nas oitavas em 1994 e na primeira fase em 2002.

O início do jogo no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, teve a Bélgica mais cautelosa para com a demonstração de força da Argentina. Foram algumas investidas nos primeiros minutos, e o gol não demorou a sair. Aos 7min, Kompany saiu jogando errado, o ataque sul-americano recuperou a bola e, de dentro da área, Higuaín chutou forte para marcar seu primeiro gol na Copa do Mundo, quebrando incômodo jejum.

No restante do tempo, argentinos e belgas fizeram partida equilibrada, sempre com expectativa de que talentos individuais pudessem desequilibrar.

O segundo tempo foi marcado por um esforço belga, muitas vezes descoordenado, de pressionar a Argentina. Mesmo assim, o time sul-americano teve as melhores chances, incluindo a primeira, aos 6min, quando Higuaín invadiu a área e chutou cruzado, mas a bola desviou em Van Buyten e saiu. Aos 10min, o atacante colocou a bola entre as pernas de Kompany, invadiu a área e acertou o travessão.

A Bélgica assustou aos 16min, em cabeçada de Fellaini por cima do gol, e aos 19min, quando Garay desviou cruzamento da direita e quase fez gol contra, mas Romero mostrou bons reflexos e rebateu a bola. Os minutos finais foram de desespero para a Bélgica, que conseguiu apenas mais uma boa oportunidade: aos 43min, Chadli aproveitou cobrança de escanteio na segunda trave, mas finalizou fraco e permitiu a Romero fazer a defesa.

Aos 48min, Messi recebeu lançamento em boa condição, invadiu a área sozinho, mas foi bloqueado pelo goleiro Courtois. Com a vitória, a Argentina agora aguarda para ver definido seu adversário pela vaga na final da Copa do Mundo: está entre Costa Rica e Holanda, que se enfrentam às 17h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA). A semifinal está marcada para quarta-feira, às 17h, na Arena Corinthians, em São Paulo (SP).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions