A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

23/11/2013 11:57

Até corintiano faz fila para comprar ingresso para jogo do Palmeiras

Zana Zaidan

Parte da torcida campo-grandense do Palmeiras deixou para comprar o ingresso da partida contra o Ceará na última hora. Hoje (23), dia em que o Verdão joga em Campo Grande, os postos de venda amanheceram lotados. Todos querem ver o "clássico" da série B do Campeonato Brasileiro, e até torcedores do rival histórico do time, o Corinthians, eram vistos na fila.

Willian Sebastião, 18 anos, madrugou com a namorada, Luana Gomes, 20, na fila do Gugu Lanches. Lá, antes mesmo de as vendas começarem, às 9 horas, a fila já estava formada pelos fanáticos do alviverde. “Vou fazer esse esforço por ela”, brincou Willian, “corintiano desde criancinha”, que acompanhava Luana, palmeirense. “Ele não vai comigo, né? Vou com irmão, nossa família toda é palmeirense com orgulho”, provocou o namorado.

O corintiano Willian ajudou a namorada Luana, fanática pelo Palmeiras, para garantir o ingresso dela (Foto: João Garrigó)O corintiano Willian ajudou a namorada Luana, fanática pelo Palmeiras, para garantir o ingresso dela (Foto: João Garrigó)

O aposentado Milton Damasceno, 59, fez o neto levar no coração não só a paixão pelo futebol, mas pelo Palmeiras. “Torço por causa do meu avô. Já vi o Palmeiras jogar em Presidente Prudente, mas, aqui, na minha cidade, é a primeira vez”, comemora Caio Damasceno, 11.

“Acho que não perdi nenhum jogo do Verdão em Campo Grande. Vou levar o neto aqui e vamos ver o Palmeiras levar a taça”, conta Milton.

 

Milton passou a paixão pelo Verdão para o neto, Caio, de 11 anos (Foto: João Garrigó)Milton passou a paixão pelo Verdão para o neto, Caio, de 11 anos (Foto: João Garrigó)

Ambulantes – A procura pelos ingressos é um prato cheio para os vendedores ambulantes, que reforçaram o estoque de camisetas, bandeiras e acessórios verdes e brancos. No Gugu Lanches, um time de vendedores se reveza nas vendas.

“A gente tem um acordo por aqui. Como os produtos são todos do Palmeiras, e os preços os mesmos, o torcedor pode comprar de qualquer um de nós, e para todos faturarem legal, nos revezamos nas vendas”, explica Mauro de Farias, que veio do interior de São Paulo para ganhar um extra com a torcida daqui.

No Morenão, os varais de bandeiras estão estendidos desde a UFMS, e ambulantes que vendem desde acessórios do time a bebidas e petiscos para a hora do jogo. Lá, as entradas começaram a ser vendidas às 9 horas, até o horário do jogo, 16h20, mas somente no dinheiro.

Varais de bandeiras e camisetas já estão espalhados na entrada do Morenão (Foto: João Garrigó)"Varais" de bandeiras e camisetas já estão espalhados na entrada do Morenão (Foto: João Garrigó)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions