A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/12/2013 19:05

Atlético-MG não se encontra em campo e é surpreendido pelo Raja, 3 a 1

Helton Verão
Festa com o resultado de maior relevância do futebol do Marrocos (Foto: AP Photo/Matthias Schrader)Festa com o resultado de maior relevância do futebol do Marrocos (Foto: AP Photo/Matthias Schrader)

Com um espírito de que conseguiria o resultado a qualquer momento, dessa forma o Atlético Mineiro entrou em campo contra o Raja Casablanca na tarde desta quarta-feira (18) em Marrakech, no Marrocos e acabou sendo derrotado por 3 a 1 e garantiram a vaga na decisão de sábado contra o Bayern de Munique.

Ronaldinho Gaúcho e cia trocaram a ansiedade dos torcedores que esperaram mais de seis meses pela disputa para as lágrimas. A principio os atleticanos entraram em campo mostrando superioridade técnica, principalmente com as jogadas do atacante Fernandinho. Mas não era suficiente, o jogo seguia preso no meio campo.

Os donos da casa equilibraram o jogo ainda no fim da primeira etapa e chegaram bem ao gol do goleiro Victor, mas sem sucesso.

Antes do apito final, Marcos Rocha cruzou mais uma e Jô errou mais um carrinho. Mas ficou no zero. No intervalo, os marroquinos esbanjavam fé e fizeram uma roda ainda no campo para demonstrar união.

Logo na volta do intervalo, Erraki puxou contra-ataque pela esquerda e virou o jogo para achar Iajour, sozinho nas costas de Lucas Cândido, que diga-se de passagem teve uma atuação terrível. O atacante bateu tranquilo, na entrada da área para abrir o placar.

Em um dos únicos lances efetivos do Galo no jogo, Fernandinho sofreu falta na entrada da área pela meia esquerda e Ronaldinho Gaúcho foi para a bola. O camisa 10 mandou no canto esquerdo e deixou Askri imóvel no centro do gol.

Após o gol, R10 início diversas tentativas de lances de efeitos com pouca objetividade e quase todas dando errado.

Até que aos 38, quando o árbitro espanhol Carlos Velasco‎ Carballo apontar o pênalti após Réver errar o tempo de bola e acertar Iajour na grande área. Jogadores do Galo não concordaram com a marcação, que no fundo se misturou a um contato com uma ‘cavada’.

O capitão Moutaouali bateu no canto esquerdo e deslocou o herói tantas vezes na Libertadores Victor. Raja 2 a 1.

Mais desorganizado do que antes, o Atlético partiu para cima e levou mais contra-ataques, no último lance do jogo, Mabide após Moutaouali carimbar o travessão de Victor em tentativa de cobertura fechou a conta e detonou o sonho, Raja 3 a 1.

A final histórica Bayern de Munique e Raja Casablanca acontece no sábado, às 16h30 (de MS), na mesma Marrakech.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions