A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

30/11/2017 20:14

Boxeador do MS precisa de R$ 1,5 mil para registrar disputa por cinturão

Nyelder Rodrigues
Atleta se consagrou campeão estadual 11 vezes em MS (Foto: Divulgação)Atleta se consagrou campeão estadual 11 vezes em MS (Foto: Divulgação)
Seu último duelo foi transmitida ao vivo. Ele venceu (Foto: Reprodução/SporTV)Seu último duelo foi transmitida ao vivo. Ele venceu (Foto: Reprodução/SporTV)

São 14 anos de luta, ostentando o cinturão de campeão do Circuito Estadual em 11 temporadas e somando 172 lutas e 28 títulos no boxe amador, com apenas duas derrotas, conforme os registros da FDBMS (Federação de Boxe do Estado de Mato Grosso do Sul). Esses são os números de Luís Claudio Cardoso da Silva, o "Punhos de Aço".

Agora, com 32 anos de idade, o atleta que mais venceu no boxe sul-mato-grossense se dedica ao profissionalismo, acumulando três lutas e três vitórias. A última delas em São Paulo (SP), no evento Boxing For You, no peso Super Galo.

Lá, em combate transmitido para todo o país pelo canal SporTV, ele venceu o paulista Jean Carvalho, ex-atleta da Seleção Brasileira de Boxe Olímpico. A vitória deu direito ao sul-mato-grossense disputar o cinturão de campeão brasileiro pelo Conselho Nacional de Boxe Profissional, que está vago.

Porém, aí surge o principal problema. Para lutar pelo cinturão, é preciso homologar o pedido de disputa. O registro custa R$ 1,5 mil, valor que deve ser pago até esta sexta-feira (1). Caso ele não seja pago, Luís perde o direito e, para conseguí-lo de novo, terá que fazer outras lutas para subir novamente no ranking.

"O total, incluindo alimentação, estadia, viagem, soma R$ 6,5 mil. Mas para até esta sexta preciso de R$ 1,5 mil para homologar a disputa. Amigos estão me ajudando, com vaquinhas, mas consegui só R$ 800", comenta Luís.

A luta, inclusive, já está marcada para 16 de dezembro, em Brasília (DF). O adversário é Lázaro Barbosa, cearense radicado em São Paulo, onde treina. Para arrecadar o restante do valor, eventos, como feijoadas, deverão ser feitas.

Um dos amigos de Luís que está ajudando na arrecadação do dinheiro é o corretor de imóveis Ricardo Braga. "Não conseguimos o valor total que ele precisa. Tentei então com os clubes de futebol, ele lutaria por eles, mas não consegui nada aqui na Capital. O Sete de Dourados se interessou, mas não consegui resposta ainda", frisa.

Os interessados em ajudar, seja com doação ou patrocínio, Luís Claudio "Punhos de Aço" na disputa, podem entrar em contato diretamente com ele, pelo telefone (67) 99235-1280, ou com Ricardo Braga, pelo número 99161-5230. Veja abaixo o vídeo completo da última luta de Luís.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions