A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

10/07/2012 12:17

Circuito Brasileiro sub-23 de vôlei de areia reúne 25 duplas à Capital

Gabriel Neris

Duplas de MS começaram torneio com derrotas. Campeão será definido na próxima quinta-feira.

De uniforme verde, Elpídio tenta evitar derrota para dupla de Santa Catarina (Foto: Gabriel Neris)De uniforme verde, Elpídio tenta evitar derrota para dupla de Santa Catarina (Foto: Gabriel Neris)

Dez dias depois de receber a etapa Regional do Circuito de vôlei de areia, agora é a vez de Campo Grande reunir 25 duplas para a etapa do Circuito Brasileiro sub-23. A competição teve início na manhã de hoje (10) no Parque das Nações Indígenas e vai até a próxima quinta-feira.

Os atletas sul-mato-grossenses começaram o qualifying de forma desastrosa. Foram duas partidas e duas derrotas, já sendo eliminados da competição.

Na primeira partida, Fernando Santos e Victor Pallis (PR/RJ) venceram Jeovânio e Wellington por dois sets a zero. Na sequência, Abner e Elpídio entraram em quadra para enfrentar os catarinenses Brian e Victor Neves. Com a bola no ar, a experiência adversária falou mais alto. Derrota por dois sets a zero, e eliminação precoce do torneio.

Abner tem 18 anos, e Elpídio 17. A dupla nascida e formada em Três Lagoas começou este ano a participar dos jogos de vôlei de areia. Tenta levar da quadra, o conhecimento adquirido no voleibol.

“O voleibol de areia tem o sistema de jogo igual ao de quadra. É dinâmica, com muita técnica”, compara Abner.

A inexperiência da dupla contrasta com a campanha nas etapas estaduais do vôlei de areia. Abner e Elpídio terminaram as duas primeiras etapas na terceira e segunda posição, respectivamente, conseguindo pelo ranking estadual a vaga no Circuito Brasileiro.

Apesar do resultado negativo, Abner mostra consciência e promete persistir. “Faltar rodar o circuito, temos que jogar para adquirir experiência. Só assim vamos alcançar o pódio. Sem experiência não adianta”, conta. “Apesar da derrota, não pode desistir”, complementa.

A expectativa da dupla é continuar jogando o Circuito Brasileiro sub-23 até alcançar o limite de idade, para que, a partir daí, possam disputar a fase principal do Challenger e também do Open de vôlei de areia.

Das oito duplas classificadas para a fase principal do sub-23 masculina, Mato Grosso do Sul conta com apenas uma representante, formada por Maycon e Erick. Pelo feminino não houve qualifying. Das 16 jogadoras, o estado será representado apenas por Priscilla, que faz dupla com Fiama, do Paraná.

Os jogos da fase principal do sub-23 acontecem amanhã. As semifinais e finais serão na quinta-feira. De sexta-feira até domingo acontecem os jogos do Circuito Challenger, reunindo os principais atletas da temporada. A entrada é gratuita.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions