A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

29/04/2018 10:19

Circuito MS de Boxe abre 14ª edição com 23 lutas neste domingo

Primeira etapa da competição, em 2018, está sendo realizada no ginásio da Escola Joaquim Murtinho, na Capital

Liniker Ribeiro
Competidores durante primeira luta da etapa Campo Grande da competição (Foto: Paulo Francis)Competidores durante primeira luta da etapa Campo Grande da competição (Foto: Paulo Francis)

O ginásio da Escola Estadual Joaquim Murtinho, em Campo Grande, se transformou em ringue para a realização da primeira etapa da 14º edição do Circuito Sul-Mato-Grossense de Boxe, na manhã deste domingo (29). A abertura oficial foi realizada às 9h30, dando início a competição.

Só neste domingo, serão realizadas 23 lutas, sendo 11 pela manhã e outras 12 no período da tarde. Cerca de 83 atletas se inscreveram, mas apenas 46 vieram para a primeira etapa da disputa, na Capital.

De acordo com o presidente da FDBMS (Federação de Boxe de Mato Grosso do Sul), Marcelo Nunes, o campeonato reúne competidores de ao menos sete municípios do Estado, sendo eles Campo Grande, Ladário, Aquidauana, Ponta Porã, Laguna Carapã, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas.

Vice-campeão da última edição, o treinador Nilson Carlos Ferreira, de 48 anos, garante que a lição de casa está em dia. “Montamos um time para ser campeão. Ano passado batemos na trave, mas agora vamos com tudo”, afirmou. Ao todo, a equipe do treinador conta com nove atletas nesta primeira fase.

Competição – Os lutadores foram divididos em três classes: infantil, cadete e elite. Ao todo, são 14 categorias de peso, tendo sido a primeira luta de hoje na categoria até 52 quilos, entre os competidores José Jaime Ribeiro, de Ponta Porã, e Kevin Xavier, de Campo Grande.

A previsão é de que as lutas terminem por volta das 16h. A segunda etapa da competição, ainda sem data definida, será no município de Laguna Carapã. Já a terceira está prevista para ser realizada em Ponta Porã.

 

José Samuel, de 2 anos, acompanha pais em competições e virou atração antes do início das lutas de hoje (Foto: Paulo Francis)José Samuel, de 2 anos, acompanha pais em competições e virou atração antes do início das lutas de hoje (Foto: Paulo Francis)

Sem idade – A competição desta manhã também acabou sendo uma oportunidade para reunir a família e incentivar a prática de esportes para crianças e adolescentes. Mãe do pequeno José Samuel, de 2 anos, a funcionária pública Valdirene Dias Leite, de 32 anos, revelou sempre levar o filho nos eventos de boxe, principalmente como uma forma de acompanhar o pai, que é treinador e árbitro da modalidade.

“Desde pequeno ele acompanha tudo, está sempre com a gente. Com um mês ele já estava viajando comigo para acompanhar meu marido em uma competição em São Paulo. Ele, inclusive, foi campeão e acabou erguendo o bebê na hora da comemoração”, revelou.

E tantas vezes acompanhando os pais em treinos e competições parece estar rendendo resultados. Antes da competição começar, o pequeno virou atração por não fugir do ringue e ainda improvisar alguns golpes. “É sempre uma diversão. Fora que, hoje as coisas estão tão perigosas e quando temos oportunidade de trazer nosso filho e incentivar ele a praticar esportes desde cedo, é muito bom”, relata Valdirene.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions