A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/12/2013 16:16

'Coadjuvante', Maracaju promete surpreender e levar o título Estadual de 2014

Helton Verão
Mac se mostra conformado com status de coadjuvante, mas quer surpreender no comando do Ionay da Luz (Foto: FFMS)Mac se mostra conformado com status de coadjuvante, mas quer surpreender no comando do Ionay da Luz (Foto: FFMS)

O Maracaju Atlético Clube está pronto para não dar susto em seu torcedor como foi em 2013, quando até o meio da competição era um dos sérios candidatos ao rebaixamento, até uma recuperação espetacular que quase terminou em classificação. Quem banca esse discurso é o gerente de futebol e o treinador do clube. Apesar de um investimento ‘humilde’ em comparação a outros clubes, o ‘Mac’ se mostra coadjuvante, mas espera correr por fora e faturar seu primeiro título Estadual em 2014.

Com 26 jogadores no elenco e uma folha salarial que não irá passar dos R$ 40 mil mensais, o técnico Ionay da Luz, tem o desafio de repetir os feitos de quando treinou o Naviraiense, faturando a Série B, em 2007 e o título da elite, em 2009. “O segredo é trabalhar, quem trabalha colhe vitórias. Quem não trabalha, bate palmas. O trabalho em si demonstra a qualidade do grupo. Assim conquistei além dos títulos aqui no Estado, mais três vezes em Rondônia e uma no Acre” ressalta Ionay.

O treinador afirma que todos os jogadores contratados passaram pelo seu aval, sobre como prefere postar a equipe, Da Luz prefere avaliar o que tem em mãos. “Contratamos jogadores competitivos, todos com minha aprovação. Pretendo ter um esquema variado, para poder estar pronto para todas as situações”, se esquiva o técnico.

Mas em seguida, acaba entregando o esquema favorito. “Gosto do 4-4-2, em que um meia se transforma num terceiro atacante quando atacamos e quando formos defender um dos meias se transformam em um volante e um atacante vira meia, um 4-3-2-1”, revela Ionay, que cita como ponto forte do time o coletivo.

Entre os contratados pelo Mac estão os vice campeões estaduais pelo Naviraiense goleiro Roger Paranhos e o meia Maílson (que também foi vice da Série B, pelo Costa Rica); os zagueiros Júnior Camaçari e Marcos Aurélio, o meia Tatico, os volantes Quintino e Hamilton, o lateral-esquerdo Andrade (ex-Cene), e os atacantes Silas, Gilberto e o velho conhecido, Neto Brasão.

Além do título em 2014, Ionay afirma estar cuidando de detalhes burocráticos que considera essencial para um clube colha os frutos no futuro. “Os clubes daqui dão importância para o Estadual e a Copa do Brasil e desprezam o Brasileiro da Série D, por isso que o futebol está nessa há anos. Passei algumas recomendações para a diretoria que podem ser importantes para o futuro. Futebol precisa de um bom gerenciamento e o resto resolvemos dentro do campo”, avalia Da Luz.

Ionay fala com status de profissional que sempre surpreendeu por onde passou. “Já ganhei títulos onde ninguém dava nada para o clube. Considero o Maracaju como favorito, assim como todos os clubes na competição”, avisa.

O gerente de futebol do clube, André Vasquez, acredita ter o grupo fechado. “Mais contratações só irão acontecer conforme a necessidade. Montamos um grupo bom, mesclando a juventude com a experiência”, comenta o dirigente.

O Maracaju conta com os patrocínios da Prefeitura Municipal, Agrícola Panorama, Base Ferramentas e do Grupo Basso.

Amistosos – O clube tem confirmado amistosos para os dias 11 e 18 de janeiro contra o Itaporã, a primeira na casa do adversário e a segunda no Loucão, em Maracaju.

A diretoria ainda negocia outro jogo com o clube amador de Sidrolândia.

Estreia - O Maracaju estreia no Campenato Sul-Mato-Grossense somente na segunda rodada, dia 26 de janeiro, em casa contra o Aquidauanense, às 16 horas.

O Estadual terá dois grupos, com sete times de cada lado e se enfrentam em turno e returno. Após esses 12 jogos cada, os quatro melhores de cada chave se classificam para os "mata-matas" das quartas, semi e final. Os dois piores da fase de grupos serão rebaixados para a Série B.

Os grupos seguem como em 2013. Em um estão Cene, Comercial, Novoperário, Aquidauanense, Misto, Maracaju e Costa Rica, de volta à Série A. No outro se enfrentam Águia Negra, Ivinhema, Itaporã, Naviraiense, Sete de Dourados, Urso e o caçula Ubiratan.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions