A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

21/02/2016 10:41

Corrida da Paz reúne 1,5 mil pessoas durante a 11° edição na Capital

Leonardo Rocha
Corrida da Paz reuniu 1,5 mil pessoas no Parque das Nações Indígenas (Foto: Marcos Ermínio)Corrida da Paz reuniu 1,5 mil pessoas no Parque das Nações Indígenas (Foto: Marcos Ermínio)
Evento foi organizado pelo Comando Geral do Oeste em Campo Grande (Foto: Marcos Ermínio)Evento foi organizado pelo Comando Geral do Oeste em Campo Grande (Foto: Marcos Ermínio)

A Corrida da Paz conseguiu reunir 1,5 mil pessoas em sua 11° edição em Campo Grande. O evento, promovido pelo CMO (Comando Militar do Oeste), com apoio da Funesp (Fundação Municipal do Esporte) e Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de MS), ocorreu nesta manhã (21), no Parque das Nações Indígenas.

O coronel Roger Hamilton Herzer, que esteve a frente da organização, ressaltou que a corrida foi acima das expectativas, com adesão da população. “Se trata de um evento tradicional que ocorre em todo país e até no âmbito internacional, a inscrição foi apenas um quilo de alimento não perecível, tendo como premiação medalhas aos participantes e troféus aos vencedores”.

O objetivo do evento é promover a prática esportiva no âmbito das Forças Armadas e contribuir com a paz mundial. Os primeiros 500 inscritos receberam medalhas de participação, assim como os vencedores de cada categoria. O percurso foi de 5km, tendo ainda como opções a caminhada e passeio ciclístico de 3 km, que não foi necessário às inscrições.

Vencedores – Na corrida geral, André Rodrigues Nascimento, de 23 anos, foi o grande vencedor da prova. Ele ressaltou que participa destes eventos há um ano e três meses e que seu objetivo no ano é disputar a corrida São Silvestre, em São Paulo, com a meta de chegar entre os 20 primeiros colocados.

“Estou me dedicando ao atletismo, com treinos todos os dias em dois períodos, de manhã e a tarde, já participo de corrida no Estado e agora busca novos objetivos, estou confiante e empenhado”, relatou o atleta.

Também existes os atletas mais experientes, que além de ter outra profissão, se dedicam durante a semana aos treinamentos, para chegar bem nas corridas. O motorista Antônio dos Santos, 53, foi o primeiro colocado na categoria acima de 50 anos. “Treino sozinho, trabalho durante o dia e se dedico a noite, além de trazer saúde, me traz muita satisfação”. Ele já disputou provas em Cuiabá, Dourados e Corumbá.

Já Anistaldo Manoel Mendes, 53, que ficou na 2º lugar da mesma categoria, disse que montou um grupo de corrida justamente para incentivar novos praticantes. “Já ganhei muitas medalhas e troféus, participei duas vezes da São Silvestre, melhorou bastante o circuito de corridas aqui na cidade”.

Mulheres – Aumentou o número de mulheres participando destes eventos e até se reunindo com grupos de corrida para prática durante a semana. Camile Colpami, 36, disse que começou com disputas de 5 km e agora a meta é participar da Maratona do Rio de Janeiro, com percurso de 21 km. “Estou treinando para isto, há um ano disputa corridas aqui, mas quero outros desafios como o Pantanal Extremo, em Corumbá”. Ela faz parte de um grupo de corrida, justamente para seguir com este empenho.

Já Susie Guibu, 33, corre em família e diz que há três anos participa regularmente de eventos. “Participou hoje eu, meu pai, minha mãe e o meu filho de 17 anos. Não faço treino diário, mas sempre participo dos eventos, pratico atletismo desde a época dos jogos escolares”.

André Rodrigues Nascimento venceu a prova geral e tem como meta ter bom resultado na São Silvestre (Foto: Marcos Ermínio)André Rodrigues Nascimento venceu a prova geral e tem como meta ter bom resultado na São Silvestre (Foto: Marcos Ermínio)
Coronel Roger Herzer diz que números de participantes foi acima da expectativa (Foto: Marcos Ermínio)Coronel Roger Herzer diz que números de participantes foi acima da expectativa (Foto: Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions