A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

03/03/2012 17:35

Depois de resultados negativos, Vasco joga com reservas e vence pelo Carioca

Paula Maciulevicius

A partida foi marcada pela volta e pelo gol Éder Luís, atacante afastado desde dezembro por conta de uma fratura no pé esquerdo

Atacante Éder Luís volta e ajuda o Vasco a afastar rumores de crise. (Foto: Divulgação Flickr Vasco) Atacante Éder Luís volta e ajuda o Vasco a afastar rumores de crise. (Foto: Divulgação Flickr Vasco)

Após dois resultados negativos no Campeonato Carioca, o Vasco jogou com time reserva e venceu neste sábado o Olaria, por 2 a 0, no estádio Moça Bonita. A escalação do técnico Cristóvão Borges deu certo e afastou os rumores de crise que o Vasco vinha enfrentando.

A partida foi marcada pela volta e pelo gol Éder Luís, atacante afastado desde dezembro de 2011 por conta de uma fratura no pé esquerdo. Para a partida o Vasco entrou em campo apenas com Fernando Prass como titular. Os demais jogadores foram poupados para a partida contra o Alianza Lima, na próxima terça-feira, pela Libertadores.

A equipe de São Januário começou o primeiro tempo disposta a vencer. Logo aos 11min, Felipe deu passe na medida para Carlos Tenório. Sozinho, o atacante dominou a bola e chutou rasteiro para o fundo da rede. Esse foi o primeiro gol do equatoriano com a camisa do Vasco.

O Bonsucesso não se acomodou e, aos 16min, o meio-campo Juninho arriscou um chute de fora da área. O goleiro Fernando Prass fez boa defesa. Mas, ainda no primeiro tempo, o Vasco liquidou a partida. Diego Rosa cruzou para a área. A bola encontrou Éder Luís, que não teve dificuldades para marcar aos 25min.

O segundo tempo foi marcado por um lance confuso. Aos 6 min, em um lance confuso, a bola bateu na trave do goleiro Fernando Prass. Ele ainda emendou três defesas seguidas, mas no rebote ela entrou. O árbitro anulou o gol do Olaria ao alegar impedimento.

Sem gols para nenhum dos lados, o lance que chamou mesmo a atenção foi a lesão de Carlos Tenório. O atacante rompeu o tendão calcâneo e saiu chorando do gramado. O atleta terá que passar por cirurgia e deve voltar somente após seis meses de tratamento.

A partir deste momento, o Vasco recuou a marcação e o objetivo era manter o resultado positivo. O Olaria tentou de todas as formas, mas não conseguiu mudar o placar da partida. Com isso, a equipe de São Januário afastou de vez a crise e agora volta suas forças para a Copa Libertadores. (Com informações UOL Esporte)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions