A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

23/03/2014 09:25

Disputa reúne caravanas e gente que abandonou a profissão para correr

Graziela Rezende e Luciana Brazil
Chegada dos atletas na 3ª edição da corrida. (Foto: Cleber Gellio)Chegada dos atletas na 3ª edição da corrida. (Foto: Cleber Gellio)

A terceira edição da “Corrida das Águas”, na manhã deste domingo (23), em Campo Grande, reuniu 805 inscritos e demonstrou o bom rendimento dos corredores no Estado. Muitos vieram “de caravana” e há quem abandonou a profissão para se dedicar ao esporte.

O evento, conforme os organizadores, ocorre sempre nos últimos dias do mês de março, para encerrar a semana que comemora o Dia Mundial da Água – 22 de março. São percursos de cinco e dez quilômetros, saindo da matriz na rua Antônio Maria Coelho, com destino ao Aquário do Pantanal, em frente ao Parque das Nações Indígenas e também a Governadoria, na avenida do Poeta, para os corredores mais experientes.

Vencedor do percurso de 5km, o professor de Educação Física Edér Vaz Rodrigues, 28 anos, superou o seu último rendimento e tinha muito a comemorar. “No ano passado, fiz o percurso em 17’25”, sendo que hoje consegui 16’01”, sendo um excelente resultado. Faltou apenas 11” para eu ser o novo recordista da corrida”, avalia o professor.

Rodrigues conta ainda que ministra aulas há dois anos, porém treina corridas há uma década. “Eu trabalho com crianças na iniciação do atletismo e acredito que todos os órgãos deveriam promover eventos como esse para fomentar o esporte”, avalia o vencedor.

Na categoria feminina, do mesmo percurso, o prêmio foi para a também educadora física Mayra Brum, 34 anos. A atleta, que treina há oito anos, disse que veio a Capital especialmente para a corrida. “Eu trouxe uma caravana de Dourados (a 233 km de Campo Grande), com mais oito mulheres e três homens, somente para participar e estou muito contente com a vitória”, finaliza a atleta.

No percurso de 10 km, o vencedor Vilmar Roberto Dias, 31 anos, dá um exemplo de persistência. O seu resultado, considerado excelente, foi de 30’49”. “Agora vou me preparar para a corrida da Caixa Econômica, pois vivo do atletismo. Até dezembro do ano passado, ainda trabalhava como mecânico, mas treino há três anos e quatro meses e agora só me dedico ao esporte. Corri também a São Silvestre e quero ir para fora do país”, finaliza Dias.

Os vencedores receberão troféus e medalhas, além de contar com sorteios e brindes na chegada.

Corrida reuniu de atletas a amadores no esporte. (Foto: Cleber Gellio)Corrida reuniu de atletas a amadores no esporte. (Foto: Cleber Gellio)
Mesmo com tempo nublado, participantes estavam animados. (Foto: Cleber Gellio)Mesmo com tempo nublado, participantes estavam animados. (Foto: Cleber Gellio)


É uma pena que não houve a devida divulgação do evento, tem que anunciar repetidamente, poderia ter pelo menos o dobro de inscritos.
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 24/03/2014 08:21:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions