A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/08/2014 10:54

Douradense que atua no futsal da Itália se recupera de "pior lesão da carreira"

Renan Nucci
Babalu é destaque da Alter Ego Luparense. (Foto: Reprodução/Facebook)Babalu é destaque da Alter Ego Luparense. (Foto: Reprodução/Facebook)
Sul-mato-grossense se naturalizou e hoje defende as cores da seleção italiana. (Foto: Reprodução/Facebook)Sul-mato-grossense se naturalizou e hoje defende as cores da seleção italiana. (Foto: Reprodução/Facebook)

Destaque da equipe Alter Ego Luparense, atual campeã de liga italiana de futsal, o douradense Alex Babalu Merlim precisou ser submetido a uma atroscopia no joelho esquerdo, para tratar uma lesão no menisco. Ele se machucou durante o jogo final da temporada passada, contra o Acque & Saponne. Segundo ele, esta foi a pior lesão de sua carreira.

O ala sul-mato-grossense foi operado em Ribeirão Preto (SP), e passa pelo processo de recuperação em Jaboticabal (SP), onde está com a família de sua esposa. O retorno à Itália está agendado para 27 de setembro, já visando o início da liga, em outubro – por enquanto o clube dele faz os trabalhos de pré-temporada.

“Ficar parado assim é a pior coisa do mundo. Espero nunca mais ter que ser operado”, disse Babalu, lembrando que espera voltar a conquistar títulos como tem sido em seus últimos anos de Europa, tanto pela Alter Ego, quanto pela seleção italiana, o qual é naturalizado desde 2009.

“Gracas a Deus os últimos três  últimos anos foram os melhores da minha carreira. Ganhei duas ligas, duas Supercopas da Itália, uma Copa da Itália, um terceiro lugar no Mundial com a seleção italiana (2012) e campeão europeu com a seleção (2013). Espero ter um bom retorno e ganhar novamente tudo o que já ganhei, incluindo a tão sonhada Liga de Campeões da Europa de Futsal”, destacou ele que aguarda o nascimento de seu segundo filho, agendado para o mês que vem, pouco antes de seu embarque para a Europa.

Carreira – Babalu é jogador formado nas bases do futsal de Dourados. Em fevereiro de 2005, aos 19 anos, ele deixou o município sul-mato-grossense para ingressar na equipe de Bebedouro (SP), onde ficou por um semestre até se transferir para o Santa Fé do Sul, clube pelo qual chegou às finais da Liga Sudeste e da Liga Nacional.

No ano seguinte, em 2006, após quase desistir do profissionalismo, foi transferido para o Jaboticabal (SP), onde ficou até 2007, quando surgiu a oportunidade de jogar na Liga Italiana. Inicialmente ele foi para o Augusta, clube que defendeu por quatro anos até ser contratado pela Alter Ego Luparense, em 2011. Destaque da liga local, recebeu o convite para se naturalizar e defender as cores da Itália.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions