A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/03/2010 22:32

Em noite comemorativa no Engenhão, Bota vence por 2 a 1

Redação

Na noite em que Joel Santana completou sua centésima partida comandando o Botafogo e Lucio Flavio chegou aos 200 jogos pelo clube, o argentino Herrera roubou a cena. Ao cobrar três pênaltis, errar um e converter dois, o atacante foi o protagonista da vitória alvinegra por 2 a 1 de virada diante do Duque de Caxias, no Engenhão.

Com os dois gols feitos, Herrera alcançou a vice-artilharia do time no Estadual do Rio com cinco gols, um a menos que o uruguaio El Loco Abreu. No entanto, se tivesse mais capricho poderia ter deixado o campo no topo dos goleadores alvinegros, pois isolou uma das penalidades máximas que cobrou quando o duelo estava 1 a 1.

Neste momento, o técnico Joel Santana se desesperou à beira do campo ao ver a chance da virada ser desperdiçada. Por sinal, o nervosismo tomou conta do treinador na partida, que reclamou muito do seu time e principalmente da arbitragem. "O Duque de Caxias fez muitas faltas e ele não dava cartão", esbravejou o "centenário" Joel.

Entretanto, ao olhar a tabela de classificação da Taça Rio o treinador deve ficar mais tranquilo. O Botafogo tem 100% de aproveitamento e divide a liderança do Grupo B com o Vasco, ambos com seis pontos. O que dá mais ânimo ao time para o clássico deste domingo diante do Fluminense, às 19h30 (de Brasília), no Maracanã.

"Sabemos que não tivemos uma grande atuação, mas pelo menos conseguimos o resultado positivo, o que vai dar mais moral e tranquilidade para o clássico contra o Fluminense no fim de semana", avaliou o volante alvinegro Leandro Guerreiro.

Na próxima rodada, a equipe da Baixada Fluminense enfrenta o Tigres, no domingo, às 17h (de Brasília), no estádio Marrentão.

A partida reuniu um público de 2.248 pagantes e teve renda de R$ 39,7 mil.

(Com informações do site UOL)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions