A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

21/08/2014 16:36

Jogos escolares têm início e reúne 5 mil alunos de 82 escolas municipais

Alan Diógenes
Os jogos irão reunir alunos de 82 escolas municipais da Capital. (Foto: Pedro Peralta)Os jogos irão reunir alunos de 82 escolas municipais da Capital. (Foto: Pedro Peralta)

A 40ª edição dos Jeres (Jogos Escolares da Rede Municipal de Ensino) teve abertura na tarde desta quinta-feira (21) no Ginásio Moreninho, próximo ao Estádio Morenão, em Campo Grande, e vai reunir 82 escolas públicas. Cerca de 5 mil alunos com idades entre 8 a 14 anos irão disputar 11 modalidades esportivas.

De acordo com o coordenador dos jogos, Marco Antônio Tavarez, 50 anos, o número de alunos participando do projeto aumentou de 3.100, nos últimos anos, para 5 mil. “A prefeitura concedeu mais horas-aulas de esportes nas escolas, e em consequência disso, mais professores de Educação Física foram contratados. Desta forma, mais alunos puderam ser atendidos”, explicou.

Segundo o coordenador, as atividades acontecerão durante três meses com o monitoramento de 336 profissionais da educação, e no final de outubro, os ganhadores receberão 66 troféus e 432 medalhas. “Esses alunos ficaram em período integral nas escolas, estudando no período matutino e treinando no período vespertino. Agora eles estão preparados para participar da competição”, mencionou.

A assistente social Regina Rosendo, 54, foi apoiar a neta Ariele Olivia Goellner de Melo, 12, estudante da escola Padre Anchieta. “Vim prestigiar minha neta que é apaixonada por esporte. Através desse projeto, ela vai ter melhor desenvolvimento ético e profissional no futuro”, destacou.

O vendedor Joílson Barros, 46, pai da Débora Ferreira, estudante da escola Frederico Soares, acredita que através do esporte o jovem apreende a se socializar. “Eles podem aprender melhor o que é socialização e obter maior conhecimento sobre como trabalhar em grupo. Além disso, eles terão uma saúde melhor e irão saber superar desafios”, apontou.

A estudante da escola Sebastião Lima, Dayara Conceição, 13, irá disputar a modalidade de voleibol. Animada, ela conta que suas notas melhoram muito depois do esporte. “Fiquei mais concentrada nas aulas e tive melhor desempenho depois que comecei a jogar. Acho importante o projeto que ajuda o jovem a buscar seus sonhos”, ressaltou.

O prefeito Gilmar Olarte (PP), que esteve presente no evento, afirmou que o esporte serve como disciplina para os alunos. “O esporte tem capacidade de transformar a criança em adolescente em cidadãos mais disciplinados no futuro. Pessoas que praticam esporte são pessoas que sem dúvida irão ter sucesso em suas lutas”, finalizou.

Ao todo, os jovens irão disputar 11 modalidades divididas em coletivas e individuais. As coletivas são: Voleibol, Basquetebol, Handebol e Futsal. Já as individuais são: Judô, Tênis de Mesa, Atletismo, Ginástica Rítmica, Ginástica Artística, Xadrez e Jogos de Dama.

Joílson, pai de aluna, acredita que através do esporte jovens aprendem a superar desafios. (Foto: Pedro Peralta)Joílson, pai de aluna, acredita que através do esporte jovens aprendem a superar desafios. (Foto: Pedro Peralta)
Coordenador do projeto afirma que número de participantes aumentou em relação às últimas edições. (Foto: Pedro Peralta)Coordenador do projeto afirma que número de participantes aumentou em relação às últimas edições. (Foto: Pedro Peralta)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions