A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Junho de 2018

10/12/2016 11:42

Maracaju entra na onda do basquete e vai disputar Liga Nacional 2017/2018

Paulo Nonato de Souza
Jogadoras da base do MBC com o presidente do clube, Carlos Morelli (Foto: Divulgação)Jogadoras da base do MBC com o presidente do clube, Carlos Morelli (Foto: Divulgação)

Dos campos de soja e milho para as quadras de basquete. Com o time de futebol, o Maracaju Atlético Clube sem força até para disputar a Segunda Divisão do Campeonato Estadual da  FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), a cidade de Maracaju, distante 160 Km de Campo Grande, está se preparando para virar referência no basquetebol estadual e nacional.

“Com o nosso MBC (Maracaju Basquetebol Clube), vamos disputar o Campeonato Brasileiro da Liga Nacional de Basquete Feminino, temporada 2017/2018”, disse o presidente do Conselho Deliberativo do MBC, Aparecido José Damasceno, o Professor Lotti, em entrevista nesta manhã ao Campo Grande News, por telefone.

A competição nacional terá início em novembro de 2017 e se estenderá até abril de 2018. Segundo Lotti, embora tenha sido fundado recentemente, em 28 de março de 2014, o MBC já nasceu forte pelo histórico da cidade no basquetebol com grandes conquistas desde 1983 em competições municipais e regionais nas categorias de base.

“Já temos uma estrutura nas categorias de base, tanto no masculino como no feminino, e agora decidimos partir para a categoria Adulto no feminino com a nossa participação na Liga Nacional”, comentou o Professor Lotti.

O planejamento do MBC para disputar a competição nacional passa antes pela filiação na Liga Nacional de Basquete Feminino. “Estamos correndo atrás de toda a documentação necessária e daremos entrada na Liga em março próximo. Em fevereiro temos uma visita agendada na sede da Liga, em São Paulo, para tratar dos últimos detalhes”, disse Lotti.

Já está definido que o grupo de jogadoras será formado apenas por atletas de Mato Grosso do Sul com idade entre 17 a 23 anos e o sistema de trabalho vai ser um misto de profissional e amador. Isso porque as atletas terão seus empregos em empresas locais com regime de meio expediente. “Por exemplo, elas vão poder trabalhar pela manhã e treinar à tarde, e algumas empresas já se propuseram a contrata-las”, declarou.

PROJETO DO MARACAJU BASQUETE CLUBE - O projeto do MBC para os próximos quatro anos está dividido em seis ações:

AÇÃO 1 - O CRAQUES DO FUTURO com as Categorias de Base do Sub-13, Sub-15 e Sub-17.

AÇÃO 2 - PARTICIPAÇÃO NO CAMPEONATO DA LIGA NACIONAL DE BASQUETE FEMININO ADULTO 2017/2018

AÇÃO 3 - BASQUETEBOL NA ESCOLA trabalho de iniciação ao basquetebol em todas as escolas públicas de Maracaju, envolvendo crianças de 07 até 10 anos.

AÇÃO 4 - BASQUETEBOL NO TERRÃO em parceria com as Associações de Moradores de Bairros em terrenos baldios da cidade, transformando espaços rústicos com tabelas de basquete e marcação de uma quadra, fornecendo material esportivo e assessoria técnica para prática do basquetebol em forma de lazer.

AÇÃO 5 - CARAVANA DO BASQUETEBOL com torneios nos bairros, nas quadras improvisadas do Projeto Basquete no Terrão, divididos em seis etapas durante o ano para várias categorias.

AÇÃO 6 - EVENTOS esportivos em Maracaju, como o Campeonato Municipal de Basquetebol Adulto Feminino e Masculino, sediar Campeonatos de Base da Federação de Basquetebol de Mato Grosso do Sul e realizar a premiação dos melhores do basquete com o Troféu “PIONEIROS DO BASQUETE MARACAJUENSE”.

Basquete feminino de MS conquista o bronze, primeira medalha na competição
As meninas da escola Raul Sans de Matos/ Funlec conquistaram a primeira medalha nas modalidades coletivas para Mato Grosso do Sul nos Jogos Escolares...
Após saída de equipe, Campeonato Estadual série B tem nova tabela
O Ubiratan não irá disputar mais a série B do Campeonato Sul-Mato-Grossense, que começa no próximo dia 15. A decisão foi informada em reunião realiza...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions