A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

13/07/2014 11:12

Mentalista de MS registra em cartório carta com resultado da final da Copa

Kleber Clajus
Rick Thibau postou parte do documento comprovando seu registro em cartório, mas faz\ mistério sobre placar da partida (Foto: Reprodução)Rick Thibau postou parte do documento comprovando seu registro em cartório, mas faz\ mistério sobre placar da partida (Foto: Reprodução)

O mentalista Rick Thibau, 31 anos, decidiu registrar em cartório, no mês passado, uma carta com previsão de que as seleções da Alemanha e Argentina seriam as finalistas da Copa de 2014. O documento, dirigido a filha de um ano e quatro meses, traz, inclusive, o resultado do placar, que ele pretende divulgar somente no segundo tempo da partida.

“Os times que estão na final e o placar estão na carta escrita para minha filha Cecília no dia 11 de junho, mas a parte do futebol são apenas algumas linhas. Meu interesse foi explicar para ela um pouco dessa decisão de vida pela mágica que não entrei pelo dinheiro, mas por amor”, comenta Thibau, que registrou a previsão no 7º Tabelionato de Notas de Campo Grande.

Previsão de 2006 se confirmou e é indicativo para que o mesmo possa ocorrer novamente (Foto: Divulgação)Previsão de 2006 se confirmou e é indicativo para que o mesmo possa ocorrer novamente (Foto: Divulgação)

Com 10 anos de carreira, essa é a segunda vez que o mentalista registra uma previsão em cartório. A primeira foi em 2006, quando também apontou em uma carta que o Brasil não seria hexacampeão, mas sim a Itália alcançaria o tetracampeonato contra a França, nos pênaltis, por 5 a 3. Até mesmo a expulsão do jogador francês Zinedine Zidane, durante a prorrogação, foi citada no documento.

Dessa vez, Rick faz mistério sobre o placar, confessa não ser muito fã do futebol e, mesmo que a televisão esteja ligada, pretende se dedicar só à filha neste domingo.

Ele conta que quando fez o registro sobre o jogo de hoje no cartório o funcionário “fez cara curiosa”, mas não comentou nada. A goleada da Alemanha contra o Brasil, por 7 a 1, nas semifinais não foi prevista, apesar de haver citação de que a seleção não chegaria a final.

Carreira – O mentalista, que nasceu em Belo Horizonte, começou a se interessar por mágica ainda pequeno e costumava jogar cartas com os avós. Aos cinco anos, a mãe lhe deu um kit de mágica que usou em uma apresentação, junto com um mágico contratado, na comemoração do ano seguinte.

Porém, foi aos 21 anos teve início uma busca mais forte pelas técnicas da arte de surpreender as pessoas, consumada quando se mudou para Londres, em 2004, onde realizou o primeiro show e se aperfeiçoou, passando a ter a mágica por profissão.

No retorno ao Brasil, em 2006, decidiu participar da única competição da carreira, conquistando o 1º lugar em Mágica de Proximidade, ou “Close-up”, durante Congresso Brasileiro de Mágicos, em São Paulo.

Morando em Campo Grande, Rick Thibau aconselha os interessados em seguir carreira a “se aproximar da mágica com respeito a tradição e a quem veio antes”, além de não ter ganhos financeiros como principal foco.

Mentalista nasceu em Belo Horizonte e se dedica a arte cênica que lida com os poderes da mente (Foto: Divulgação)Mentalista nasceu em Belo Horizonte e se dedica a arte cênica que lida com os poderes da mente (Foto: Divulgação)


Matéria muito interessante.
Agora os redatores do Campo Grande News poderiam explorar a veracidade destas técnicas mágicas, transcendentais... É claro que o mágico precisa acertar o resultado final! De qualquer forma, uma análise racionalista caberia muito bem no final.
 
celso cardeal dos santos junior em 13/07/2014 12:02:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions