A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

10/04/2014 09:11

Motocross vive "boom" no Estado e nova fase aposta em novos talentos

Helton Verão
Pedro Godoy elogia o momento e credita a CBM estar em Campo Grande Pedro Godoy elogia o momento e credita a CBM estar em Campo Grande

A abertura do Campeonato Brasileiro de Motocross acontece neste fim de semana em Três Lagoas e teremos 11 pilotos de Mato Grosso do Sul na disputa das categorias MX1, MX2, MX3, Junior, 65cc e 50cc. A modalidade vive um momento de crescimento, afinal, além de contar com duas etapas na temporada (a outra será a 6ª Etapa, no dia 31 de agosto, em Campo Grande), também tem a sede da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) instalada na Capital, o que de acordo com os pilotos tem sido fator fundamental para a evolução.

“Com certeza o cenário é de crescimento graças a sede da CBM estar aqui em Campo Grande. São mais eventos para nossa região o que diminui os obstáculos de locomoção dos pilotos”, avalia o piloto da MX2, Pedro Godoy, 18 anos.

Outro piloto que elogia o momento da modalidade e do motociclismo como um todo, é Elizeu Ferreira, de Rio Verde. O piloto veterano de 37 anos cita que já houve momentos piores. “Já esteve melhor, mas estamos em crescimento de novo, não significa que está fácil, pois ainda batalhamos por patrocinadores e isso é o que mais faz falta para nós”, ressalta Ferreira.

A CBM está instalada desde 2012 em Campo Grande.

 

Eliseu que festeja por este ano poder correrEliseu que festeja por este ano poder correr

O caso de Elizeu chama atenção. Atualmente ele possui 15 patrocinadores, o que ainda não é suficiente para pagar as contas em cada ida para as etapas. “Para se deslocar a uma etapa gasto uma média de até R$ 4 mil, mesmo com todos esses patrocinadores ainda tiro do meu bolso. Isso que sou só eu e mais uma pessoa e as vezes levo minha esposa, tudo para não gastar muito”, conta Ferreira, que pela primeira vez promete viajar todo o circuito da temporada, com a moto em cima da carroceria de sua camionete. Antes ele corria apenas etapas próximas de sua cidade.

Umas das esperanças nesta temporada o jovem Pedro Godoy, que anda de moto desde os cinco e se diz um piloto profissional a partir deste ano, mas que não foi fácil conquistar os patrocinadores e acima de tudo precisou sair de Mato Grosso do Sul para ser visto pelos investidores. “Tive a ajuda do meu pai sempre, agora esse ano posso dizer que é o primeiro que estou profissionalizado. Consegui investidores que vieram de fora, pois só correndo em outros estados que pude ser prestigiado com o patrocínio deles”, completa.

Godoy compara a situação da mesma forma que acontece em outras esportes. “Não é exclusivo do MotoCross é do esporte em geral aqui em Mato Grosso do Sul, tanto que construíram uma pista dentro do autódromo e não podemos treinar nela. Tiveram que meus patrocinadores construir um circuito dentro de uma chácara para treinarmos”, compara e critica.

Os ingressos para a etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross em Três Lagoas estão à venda custando entre R$ 8 e R$ 10.Os ingressos para a etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross em Três Lagoas estão à venda custando entre R$ 8 e R$ 10.

Ingressos - Os ingressos para a etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross em Três Lagoas estão à venda custando entre R$ 8 e R$ 10. As disputas são neste fim de semana, no sábado (12) a entrada é livre. Só o domingo (13) será cobrado. A compra antecipada (até sábado) está R$ 8, no dia será R$ 10. De acordo com a organização não haverá meia entrada, crianças até sete anos não pagam.

As provas serão no Arena Mix, área de cinco hectares. As arquibancadas comportam 2.5 mil pessoas, mais os espaços onde as pessoas podem acompanhar em pé.

No ano passado cerca de 15 mil pessoas prestigiaram o evento em dois dias de prova. A CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) diz que a expectativa é repetir esse número ou até mesmo superar, já que será abertura do Campeonato. No ano passado a cidade sediou a 2ª Etapa da competição.

Postos de venda - Mototaxi Vini, na Avenida Antônio Trajano, próximo ao HSBC; Jaçanã Turismo, em frente ao Supermercado Proença, na Avenida Olyntho Mancini; e na Ótica Precisão, localizada na esquina das ruas João Carrato e Bruno Garcia. Todos estes pontos em Três Lagoas. No sábado também será vendido o ingresso no próprio Arena Mix. O Rotary é o responsável pela portaria.

Os motociclistas poderão deixar seus capacetes guardados em local apropriado ao custo de apenas R$ 1.

O Campeonato Brasileiro de Motocross é organizado pela CBM e realizado pela Femems (Federação de Motociclismo do Estado de Mato Grosso do Sul) e promoção de Antônio Carlos e Ricardo Ojeda. A competição tem o patrocínio da Honda, Yamaha, Rinaldi, Peternongo, Levorin, Petrobras, Lubrax e IMS. A etapa conta com o apoio: Prefeitura de Três Lagoas, Câmara Municipal de Três Lagoas, Perfil News e Rotary International.

Inscrições para pilotos - As inscrições devem ser feitas pelo site da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo): http://www.cbm.esp.br/sistema/proximos-eventos.php?organizador=CBM&idModalidade=13.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions