A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/12/2009 17:22

MS não tem estádio pronto para o Estadual

Redação

Faltando um mês para o início do Campeonato Sul-Mato-Grossense, nenhum dos 15 estádios que deverão ser utilizados na competição possui todos os laudos técnicos exigidos (Polícia Militar, Bombeiros e Vigilância Sanitária) e a autorização do proprietário para a realização dos jogos. As informações constam no site da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul).

A autorização é necessária porque somente dois dos clubes que irão disputar o Campeonato Sul-Mato-Grossense Série A possuem estádio próprio: a Serc (Sociedade Esportiva e Recreativa Chapadão) e o Águia Negra, de Rio Brilhante.

Todos os outros participantes ou usam estádios municipais, que precisam de autorização da prefeitura, ou utilizam o Morenão, que pertence à UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e ainda não têm licença.

Na maior parte dos casos, os laudos estão com a validade vencida. Este é o caso dos três referentes ao Morenão, que deverá ser sede dos jogos de União, Cene, MS Saad e Guaicurus. Eles expiraram em abril e maio.

O estádio Toca do Leão, no Parque Jacques da Luz, na Moreninha II, em Campo Grande, que poderá ser sede dos jogos do Comercial, não tem nenhum dos laudos.

A situação do Douradão é parecida. O estádio que poderá sediar os jogos do 7 de Setembro está com todos os laudos vencidos e falta a autorização da prefeitura de Dourados.

Em Três Lagoas, o Madrugadão, com capacidade para 6 mil torcedores, conta com laudo do Corpo de Bombeiros, válido até 28 de fevereiro, mas os de PM e Vigilância já "caducaram".

Com capacidade de 5.000 pessoas, o Arthur Marinho, em Corumbá, é outro que não tem nenhum dos três laudos exigidos.

Confira a situação de todos os estádios:

Benedito Soares de Mato

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions