A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

05/12/2009 20:14

Na despedida do Brasileiro, Avaí bate Náutico por 1 a 0

Redação

Em ritmo de férias, o Avaí se apegou ao objetivo de superar o rival Figueirense em sua melhor campanha no Campeonato Brasileiro e venceu o Náutico, por 1 a 0, em pleno estádio dos Aflitos, neste sábado. Em crise financeira e já rebaixado para a Série B, o time pernambucano se despediu da primeira divisão com mais uma derrota, a 20ª da competição.

O Avaí completa um dos anos mais vitoriosos de toda sua história. No primeiro semestre, conquistou o Campeonato Estadual, quebrando um jejum de 11 anos sem títulos. No Campeonato Brasileiro, o time catarinense conquistou a inédita vaga na Copa Sul-Americana.

O resultado deste sábado o levou ainda a superar o Figueirense em sua melhor campanha na competição nacional, que aconteceu em 2007, com 57 pontos, 15 vitórias e oito gols de saldo. Com a vitória, o Avaí alcançou os mesmo número de pontos e vitórias do rival, porém terminou com maior saldo de gols (nove).

Tal objetivo foi inclusive citado pelo meia Marquinhos, durante o intervalo, quando o time já estava à frente no placar. "Muitos falam que a gente não tem mais objetivo, mas é um jogo importantíssimo para nós, pois queremos terminar na frente do nosso rival e superar a campanha deles [Figueirense] no Brasileiro", analisou.

A equipe do Avaí não pôde contar com Silas no banco de reservas. O técnico, que esteve na Europa fazendo um estágio com Manuel Pellegrini, do Real Madrid, não conseguiu chegar a tempo no jogo. Com isso, seu irmão Paulo Pereira comandou o time na vitória sobre o Náutico. Silas, inclusive, praticamente já acertou sua transferência para o Grêmio.

Por outro lado, o Náutico vive momento de eleição e passa por uma situação complicada também fora de campo. O próprio presidente do clube, Maurício Cardoso, disse nesta semana que já existe o atraso de dois meses de salário dos funcionários, com risco de chegar ao terceiro. Depois de três anos, o time pernambucano volta a disputar a segunda divisão do Campeonato Brasileiro em 2010.

As duas equipes entraram em campo com muitos desfalques, alguns por necessidade, outros por mera opção. Pelo lado do Náutico, o goleiro Eduardo, o lateral-direito Sidney, os zagueiros Asprilla e Marcio e os meias Dinda e David já haviam ganho férias, assim como Caio e o Luiz Ricardo, pelo Avaí. Além disso, o volante Léo Gago, que já acertou sua transferência para o Vasco, não viajou com a equipe. (Com informações do site UOL).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions