ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 22º

Esportes

Operação contra manipulação de jogos cumpre mandado em MS

Alvos são jogadores profissionais e apostadores que manipulavam resultados de partidas

Por Gabriel Neris | 28/11/2023 11:19
Gaeco cumpre mandado em residência de Goiânia (Foto: MP/GO)
Gaeco cumpre mandado em residência de Goiânia (Foto: MP/GO)

A Operação Penalidade Máxima III, contra manipulação de jogos de futebol, cumpre nesta terça-feira mandados de busca e apreensão em Mato Grosso do Sul e outros quatro estados. Ao todo, são dez mandados  em oito municípios, entre eles Bataguassu, a 335 km de Campo Grande.

Até o momento ninguém foi preso e também nenhum nome foi divulgado, mas os alvos são jogadores profissionais e apostadores envolvidos em esquema para garantir resultados de jogos. Os atletas recebiam grandes quantias para levar punição com cartão amarelo ou vermelho, cometer pênalti ou arrumar manobras para perder, o que favorecia o grupo em apostas esportivas.

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de Goiás e a CSI (Coordenadoria de Segurança Institucional e Inteligência) coordenam a operação com apoio da Polícia Militar de Goiás, do Cyber Gaeco (SP), e dos Gaecos de Mato Grosso do Sul, Paraíba e Rio de Janeiro.

A investigação apura a atuação de organização criminosa que fraudou resultados de jogos de futebol. As partidas envolvidas são as seguintes:

  •     Avaí x Flamengo, pelo Brasileirão de 2022
  •     Náutico x Sampaio Corrêa, pela Série B do Brasileiro de 2022
  •     Náutico x Criciúma, pela Série B do Brasileiro de 2022
  •     Goiânia x Aparecidense, pelo Goianão de 2023
  •     Goiás x Goiânia, pelo Goianão de 2023
  •     Nacional x Auto Esporte, pelo Paraibano de 2023
  •     Sousa x Auto Esporte, pelo Paraibano de 2023

Os mandados foram expedidos pela 2ª Vara Estadual dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização Criminosa e Lavagem ou Ocultação de Bens Direitos e Valores, e, além de Bataguassu, estão sendo cumpridos nos municípios de Goiânia (GO), Campina Grande (PB), Nilópolis (RJ), Santana do Parnaíba (SP), São Paulo (SP), Volta Redonda (RJ) e Votuporanga (SP).

De acordo com o Ministério Público de Goiás, a operação de hoje é desdobramento das operações deflagradas em fevereiro e abril deste ano e que resultaram, até o momento, em três denúncias recebidas pelo Judiciário, com 32 pessoas acusadas de crimes de integrar organização criminosa e corrupção em âmbito desportivo.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias