A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

29/07/2014 09:43

Pouco público frustra e Itaporã fica sem dinheiro para pagar juiz

Renan Nucci
Itaporã perdeu por 1 a 0 para o Anapolina na abertura da Série D. (Foto: Gazeta MS)Itaporã perdeu por 1 a 0 para o Anapolina na abertura da Série D. (Foto: Gazeta MS)

O Itaporã avalia parcerias em busca de recursos para quitar dívida com arbitragem no valor de R$ 7.900, referente a partida que mandou contra o Anapolina (GO), no Douradão, pela rodada de abertura da Série D do Campeonato Brasileiro, no último dia 20.

Segundo o presidente do clube, Dione Lima, a equipe esperava utilizar a renda de público para pagar as despesas com os árbitros, no entanto, a venda de ingressos foi abaixo do esperado, por isso, o compromisso financeiro ficou em aberto.

“Com os recursos que tínhamos, honramos os compromissos com os atletas e esperávamos que a renda do jogo pudesse cobrir as demais despesas, o que não aconteceu. Agora estudamos parcerias para quitar este débito o quanto antes”, disse Lima.

Em julgamento realizado no (STJD) Superior Tribunal de Justiça Desportiva, no Rio de Janeiro, o Itaporã foi advertido e recebeu o prazo de sete dias para regularizar a situação. Se dentro deste período não for efetuado o pagamento, o caso será revisto e as punições podem ser piores.

“ [...] por unanimidade de votos, aplicar a pena de advertência ao Itaporã FC por infração ao Art. 191, inciso III do CBJD. Devendo ser comprovado nos autos, no prazo de 07 (sete) dias o cumprimento da obrigação pecuniária, sob pena do art. 223 do CBJD”, dizia nota publica no site oficial da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Série D - O clube sul-mato-grossense está no grupo 5, e vem de derrota para o Anapolina, por 1 a 0. No próximo domingo (3) a equipe viaja para Minas Gerais, onde enfrenta o Villa Nova, às 16h. Ainda integram a chave Brasiliense e Estrela do Norte.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions