A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

10/04/2018 17:59

Projeto seleciona meninos para disputar competições de base

Melhores jogadores do projeto da Funesp treinam no Belmar Fidalgo para participar de torneios

Gabriel Neris
Crianças começaram treinamento na praça esportiva Belmar Fidalgo (Foto: Roberto Higa)Crianças começaram treinamento na praça esportiva Belmar Fidalgo (Foto: Roberto Higa)

Crianças do projeto Escola Pública de Futebol estão sendo selecionadas para formar times nas categorias sub-11, sub-13 e sub-15. O objetivo é formar equipes com os que se destacarem entre os polos espalhados por Campo Grande.

De acordo com o coordenador do projeto, Bruno Nóbrega, não basta ser apenas talentoso dentro de campo. Os meninos precisam participar do projeto com frequência e ter boas notas dentro de sala de aula. “Queremos participar de competições. Como são tantas crianças, queremos que as crianças brilhem em times nacionais”, disse.

O projeto é desenvolvido pela Funesp (Fundação Municipal de Esportes), que atende mais de 1,2 mil crianças em 13 polos espalhados pela Capital. Os treinos dos meninos que formarão a seleção estão sendo realizados no Belmar Fidalgo, localizado na região central de Campo Grande.

Cada categoria contará com 20 meninos. Os treinos na praça esportiva serão uma espécie de premiação para aqueles que se destacarem nos polos.

Os treinos serão comandados pelos técnicos Paulinho Rezende, Gilmar Calonga e Nei Magalhães. Rezende, que também é responsável pelo polo localizado no Estrela do Sul, conta que é gratificante trabalhar com os garotos.

Paulinho Rezende é um dos treinadores e comanda polo no Estrela do Sul (Foto: Roberto Higa)Paulinho Rezende é um dos treinadores e comanda polo no Estrela do Sul (Foto: Roberto Higa)

“Comecei com os meninos, o comportamento é diferente. No início precisamos ter muita paciência”, comentou Rezende, que já treinou times profissionais do Estado, como Naviraiense, Operário e Comercial.

Segundo ele, os meninos aprendem, mas também não podem esquecer que estão para se divertir. “São crianças, o trabalho é lúdico. Eles estão aqui para brincar também. Temos que passar um trabalho não só coletivo, mas com fundamentos, posicionamento em campo”, disse.

O projeto atende crianças entre 10 e 14 anos e teve início em abril de 2017 e funciona nos parques Ayrton Senna, Jacques da Luz, Tarsila do Amaral, Sóter, praças Elias Gadia, Belmar Fidalgo, Centro Olímpico Ruy Jorge da Cunha, Guanandizão, campo de futebol do Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) e Pioneira. O trabalho também é desenvolvido nos distritos de Rochedinho e Anhanduí.

No dia 10 de março a prefeitura inaugurou a 13ª escolinha, no bairro José Abrão. Uma das exigências para participar do projeto é apresentação do comprovante de matrícula no ensino regular. As atividades acontecerão todas segundas, quartas e sextas-feiras das 18h às 22h e as inscrições estão abertas no local da escolinha.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions