A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

28/09/2013 17:02

Tite prevê Corinthians “menos intenso” por causa de calor de MS

Zana Zaidan

O técnico do Corinthians, Tite, admitiu ontem (27) em entrevista que o calor intenso de Mato Grosso do Sul pode atrapalhar a equipe no confronto com a Portuguesa neste domingo, no estádio Morenão, em Campo Grande. A previsão do tempo indica temperatura máxima de 36º amanhã, conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Além de encontrar um clima completamente diferente do de São Paulo no momento – com mínima de até 12°C –, o Corinthians joga às 15 horas. Tite exaltou a necessidade de o time aumentar o ritmo em relação às últimas partidas, mas admitiu que o calor pode atrapalhar os planos da equipe. “Precisamos aumentar a velocidade do jogo, que está baixa. É lógico que ele (calor) tira essa velocidade, dá uma intensidade menor ao time. Lembro que fui assistir a Itália e Espanha, na Copa das Confederações, e notei que o clima pode afetar qualquer saída de bola” analisou o técnico, lembrando o duelo de seleções ao qual assistiu em Fortaleza, em junho deste ano.

Alguns jogadores do Corinthians sentiram o desgaste nos últimos dias. O meio-campo Douglas, por exemplo, pediu para sair no intervalo do empate sem gols com o Grêmio, pela Copa do Brasil, na última quarta-feira, mas permaneceu em campo a pedido de Tite. O lateral Fábio Santos teve até de passar por uma cirurgia para resolver um problema antigo no púbis, intensificado pela série de partidas no Brasileirão.

Tite não acredita que a partida daqui será um alívio sobre a pressão à qual a equipe vem sendo submetida ultimamente, com um gol e sem nenhuma vitória nos últimos sete jogos. Ciente de que também será cobrado no Centro-Oeste caso o Corinthians não conquiste um bom resultado mais uma vez, o técnico espera encontrar boas condições de jogo no estádio.

Gramado – O técnico ainda comentou a necessidade de boas condições do gramado do Morenão para o desempenho do time. “Tomara que a situação do estádio esteja legal, principalmente o gramado, para que saia um bom espetáculo entre as equipes”, disse Tite. “No Corinthians, temos de estar preparados, porque a pressão por desempenho e resultado vem independente do local. Seja no Pacaembu, no Olímpico, em Campo Grande... Ela é igual”, acrescentou.

O Morenão recebeu seus últimos retoques ontem. As arquibancadas foram pintadas, enquanto chuveiros e cabideiros dos vestiários foram trocados. O estádio não recebe uma partida da elite nacional desde 5 de junho de 2011, quando o Internacional venceu o América-MG por 4 a 2, pelo Campeonato Brasileiro daquele ano.

(Com informações do Globo Esporte)



o tempo é mesmo assim, as vezes tá calor aqui em campo grande e tá frio lá em são paulo, e as vezes ocorre o contrário, aqui tá fazendo frio e lá em são paulo tá calor, eu sei pois sempre acompanho o tempo pelas cidades do brasil,como no meio da semana passada que campo grande tava fria enquanto sao paulo tava calor.
 
antonio costa em 28/09/2013 21:19:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions