A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

22/01/2014 21:33

Vasco erra muito, só empata com Macaé e é vaiado pela 2ª vez no Carioca

Vinícius Squinelo

O Vasco segue sem vencer no Campeonato Carioca. Nesta quarta-feira, o time errou bastante, foi insistentemente vaiado pela torcida e apenas empatou por 1 a 1 com o Macaé, no Moacyrzão. João Carlos e Edmilson marcaram os gols do jogo. No próximo domingo, a equipe da capital encara o Friburguense, às 19h30 (de Brasília), no estádio de São Januário, local no qual também empatou com o Boavista na rodada inicial do torneio regional.

Com a esperada entrada de Pedro Ken no lugar de Abuda, o Vasco iniciou a partida pressionado pela necessidade de triunfar pela primeira vez em 2014. O time tomou a iniciativa, mas encontrou um Macaé adepto da marcação forte e dificultando ao máximo as investidas dos comandados de Adilson Batista.

E a resistência dos donos da casa deu resultado. Aos 18min, Marquinhos puxou contra-ataque pelo lado direito, passou por Guiñazu e cruzou na medida. João Carlos finalizou para o fundo do gol de Diogo Silva.

O tento desconcentrou o Cruzmaltino. A equipe passou a errar bastante, e aparentava sentir a falta de um armador para acionar os atacantes. Diogo Silva e Fellipe Bastos eram fortemente vaiados pela torcida a cada toque na bola.

O Vasco só criou oportunidades concretas a partir dos 28min. Bastos arriscou do meio da rua, a bola desviou e carimbou o travessão. Na cobrança de escanteio, a zaga do Macaé tirou em cima da linha o desvio do zagueiro Luan.

Mas o Cruzmaltino seguia dando espaços na defesa, principalmente pelo lado direito. João Carlos e Marquinhos utilizavam bastante velocidade para vencer os defensores e levar perigo.

Aos 39min, o Vasco conseguiu o empate e acalmou rapidamente a impaciente torcida. Reginaldo recebeu e levantou na área. William Barbio tentou chutar e acertou passe para Edmilson. O atacante bateu firme e correu para comemorar com os companheiros.

O Cruzmaltino voltou para o segundo tempo pressionando o adversário e teve o trabalho facilitado com a expulsão de Ernani. Os chutes de fora da área e cruzamentos para Edmilson apareciam como boas alternativas dos visitantes.

A vantagem numérica durou apenas até os 25min, quando Pedro Ken também foi expulso após ter recebido o cartão amarelo em lance anterior. O Vasco parou e a torcida estendeu as vaias aos demais jogadores. No próximo domingo, a equipe tem mais uma chance de vencer para espantar de vez a desconfiança e ter um pouco de tranquilidade depois do rebaixamento no último Brasileirão. (com informações do Uol)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions