A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

18/11/2011 10:39

Eleição de 2012 pode marcar o retorno de Youssif Domingos, Pedro Teruel, Antônio Cruz e Amarildo Cruz

Wendell Reis

Lista de pré-candidaturas a vereador reúne ex-deputado federal, ex-deputado, ex-vereador, ocupantes de cargos de destaque, ex-primeira dama, esposa de deputado e artista com fama nacional.

Políticos com 'know how' eleitoral disputam cadeira na Câmara da Capital. (Foto: Reprodução/montagem)Políticos com 'know how' eleitoral disputam cadeira na Câmara da Capital. (Foto: Reprodução/montagem)

A pouco menos de um ano das eleições em 2012, já começa a se desenhar o quadro de pré-candidatos a prefeitura de Campo Grande, com a confirmação de Vander Loubet (PT), Reinaldo Azambuja (PSDB), Alcides Bernal (PP), Athayde Nery (PPS) e do escolhido do PMDB, que deve sair entre Paulo Siufi (PMDB), Edson Giroto (PMDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM).

A campanha deve ser uma das mais acirradas dos últimos tempos não só pela disputa a prefeitura, onde os candidatos estão disputando voto a voto nas pesquisas, mas também pela disputa de uma das vagas para a Câmara de Vereadores de Campo Grande. Atualmente com 21 vereadores, a Câmara aumentará o número de cadeiras para 29 em 2013.

Além de serem importantes para o fortalecimento da campanha dos candidatos a prefeito, as candidaturas à Câmara em 2011 trazem de volta os chamados “campeões de voto”. A lista de pré-candidaturas a vereador reúne ex-deputados federais, ex-deputados, ex-vereadores, ocupantes de cargos de destaque, ex-primeira dama, esposa de deputado e artista com fama nacional.

O PMDB é o partido que mais reúne ex-vereadores que tentarão o retorno a Casa. Entre os candidatos do partido, que hoje conta com seis vereadores, estão Youssif Domingos, Maria Emília Sulzer, Antônio Cruz, Valdemir Poppi, o vice-prefeito Edil Albuquerque e a presidente municipal do partido, Carla Stefanini.

O PDT é o segundo partido com mais ex-vereadores que disputarão vagas em 2012. O partido tem um vereador na Casa e pode aumentar o número caso os ex-vereadores Antônio Braga, Coronel Ivan, Wilson Oshiro e Aguemo Tomonaga consigam se eleger.

Atualmente o PT tem dois vereadores na Câmara Municipal. Muitos atribuem o baixo número a falta de união do partido na última eleição à prefeitura da Capital, quando Pedro Teruel concorreu sem o apoio de todos os filiados. Para evitar o erro, o partido pretende lançar uma boa chapa e eleger pelo menos cinco vereadores. Com isso, o PT cogita as candidaturas de Pedro Teruel, do ex-deputado Amarildo Cruz, do presidente municipal, João Rocha e até da ex-primeira dama do Estado, Gilda do PT.

O PSDB tem a segunda maior bancada na Câmara, com três vereadores, e aposta no retorno do ex-vereador Miltinho Viana. Além do ex-vereador, o partido também traz como arma o empresário Levi (da Farmácia) e o médico Frederico, que há anos trabalha na Santa Casa de Campo Grande.

O PT do B tem um vereador com mandato atualmente. Considerado por muitos o “peemedebezinho”, devido o apoio ao Governador André Puccinelli (PMDB) e ao prefeito Nelson Trad Filho, que tem o vereador Flávio César como seu líder na Câmara, o partido aposta em famosos para conseguir mais vagas. Para isso, lançará a ex-BBB Priscila Pires, o meteorologista Natálio Abraão e Otávio Trad, que pretende ser o novo membro da família na política sul-mato-grossense.

O PSB e PPS apostam em nomes que ocupam cargos de destaque para ampliar suas vagas. Hoje cada partido tem uma vaga na Casa. Como arma para a ampliação, o PSB após no superintendente do Procon Estadual, Lamartine Ribeiro. Já o PPS lançaria suas fichas na secretária do Trabalho na Capital, Luiza Ribeiro que, no entanto, não pretende concorrer, segundo o Diretório na Capital, apontando que há dezenas de nomes bem situados e de capacidade.

O PR vai tentar a reeleição dos seus dois representantes na Câmara. Todavia, o partido também lançará a candidatura da esposa do deputado estadual Antônio Carlos Arroyo, Maria Aparecida Arroyo. Já o DEM tenta a candidatura de Rui Espíndola, que já foi candidato e quase conquistou uma vaga, e de vários médicos, trazidos a política pelo deputado federal Luiz Henrique Mandetta.

Recentemente o ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso (PSDB) defendeu a volta dos grandes debates nas Câmaras Municipais, solicitando o retorno dos grandes líderes políticos. Atendendo ao pedido, as Câmaras pelo Brasil a fora podem contar com a volta do ex-vice-presidente, Marco Maciel (PSDB), ex-governador Tasso Jereissati (PSDB), ex-prefeito do Rio de Janeiro César Maia (PSDB) e ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio (PSDB).

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


O PDT,tem grandes possibilidade de eleger.4 a 5 vereadores,pois tem a opçao dos ex vereador wilson oshiro que foi um grande vereador com grandes possibilidades de retorno,conta tambem com Haguemo tomonaga tambem com possibilidade,PTB deve fazer robson martins,pt do b deve fazer otavio trad,PHS nao deve fazer nenhum vereador,PPs 1a 2 vereadores .
 
wanderley pires em 02/02/2012 02:14:16
O PSD ESTA NA PARADA AI COM NOMES COMO CORINGA DAS MORENINHAS TEREZA NAME E OUTROS .
 
Marcelo Ricardo em 19/11/2011 11:54:30
SOU PRERSIDENTE REGIONAL DO PRTB 28 QUERIA DESTACAR QUE TEREMOS OTIMOS CANDITATOS A CAMARA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE E PODEMOS COMQUISTAR E DUAS A TRES CADEIRAS COM OS PRE CANDIDATOS ENTRE ELES CEZAR GALHADO, CORONEL VALMIR. EDGAR SCAF, LILIA MAKSUD E OUTROS
 
FRANCISCO CARLOS PIERETTE em 18/11/2011 11:10:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions