ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 24º

Jogo Aberto

Acrissul versus promotor

Por Jogo Aberto | 04/02/2012 08:00

Ameaça

Ao falar da possibilidade de não ser realizada a Expogrande este ano, por falta de lugar para os shows, o presidente da Acrissul, Francisco Maia, disse que, se isso ocorrer, será a segunda vez em 73 anos de existência da festa. Segundo ele, a Expogrande só não aconteceu uma vez, durante a 2ª Guerra Mundial.

Comparação

Ao dizer isso, maia aproveitou para alfinetar o promotor Alexandre Raslan, responsável pela ação que impede a realização de shows no Parque Laucídio Coelho, por falta de licenciamento ambiental. Disse que a única vez que não houve a Expogrande foi por culpa de Adolf Hitler e emendou: “Será que desta vez será por causa de Alexandre, o Grande?”, questionou

Testemunha

Falando sobre os problemas de Campo Grande em dias de chuva, o deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM) avaliou que a questão é bem complexa e que não se trata apenas de “fechar” os córregos para impedir enchentes. Ele defendeu os antigos administradores, avaliando que fizeram o que podia ser feito a época, mas lembrou que os córregos já canalizados, como na avenida Maracaju e na Mato Grosso, contribuem para o aumento dos problemas com a chuva. Para provar o que estava dizendo, confidenciou que pescou muitos lambaris nestes córregos na sua infância.

Campanha

Embora os organizadores tenham feito questão de dizer que o Fórum Campo Grande Sustentável não se tratava de alianças ou campanha política, durante o evento foram feitas várias manifestações sugerindo a corrida eleitoral de 2012. Todos os que se dizem pré-candidatos eram saudados com aplausos entusiasmados e por diversas vezes foi possível ouvir: “prefeito, prefeito”.

Gafe

Os dez partidos que participaram do Fórum Campo Grande Sustentável iniciaram a cerimônia do evento que vai debater propostas para a Capital com a execução do hino municipal. Porém, esqueceram de um detalhe fundamental: a bandeira de Campo Grande. No evento havia apenas a bandeira do Brasil.

Gafe 2

Durante a execução do hino campo-grandense, a cena parecia de início de partida de futebol. Vários dos que se dizem pré-candidatos à Prefeitura de Campo Grande não sabiam a legra, e chegaram a disputar espaço com quem estava na frente do data show que disponibilizava a letra.

Inveja

O deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB), um dos organizadores do Fórum, revelou que a ideia já está deixando os concorrentes preocupados. Segundo ele, alguns dos 10 líderes de partido que estiveram no local receberam telefonemas pedindo para que não comparecessem.

Propaganda

O presidente municipal do PP, Paulo Matos, também esteve no Fórum. Ao ser anunciado para a mesa, Matos fez questão de passar pelo locutor e dizer: “pré-candidato a prefeitura de Campo Grande”. Será que o deputado estadual Alcides Bernal sabe?

Mais um

Na véspera das eleições começam a surgir diversas pré-candidaturas, mesmo que no fim a maioria acabe negociando o apoio e fazendo alianças. Nesta sexta-feira foi lançado mais um candidato na em Campo Grande. Trata-se de Pedrão, do famoso bordão: “Quem compra terra não erra”.