ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 21º

Jogo Aberto

Assaí já começa nova loja na Capital

Por Edivaldo Bitencourt | 06/08/2013 06:00

Em busca de paz - Prestadores de serviço faziam uma “arrumação” no gabinete do prefeito Alcides Bernal (PP) na manhã desta segunda-feira, mas foram impedidos de continuar o trabalho. Uma secretária de Bernal informou os operários que estavam fazendo muito “barulho” atrapalhando a recepção do prefeito aos convidados. Eles tiveram que deixar o trabalho e voltar quando chefe do Executivo não estiver na ativa.

Temperatura elevada - O gabinete do prefeito realmente estava com problemas no início da semana, dois funcionários tentavam “consertar” dois aparelhos de ar condicionado na recepção do local. Esta temperatura alta não está apenas nas repartições, o prefeito vem enfrentando acusações de todos os lados, desde calote até contratos irregulares.

Fiel escudeiro - O vereador Cazuza (PP) vem seguindo como o fiel escudeiro do prefeito, quando não tem sessão na Câmara ele sempre “dá um pulo” na prefeitura para conversar e dialogar com o prefeito, também tem feito visitas nos bairros e obras do executivo. Waldeci Chocolate (PP) que também estava ao lado de Bernal no início de sua gestão, não aparece mais, assim como o vice-prefeito Gilmar Olarte (PP).

Alvos - Bernal e o secretário de Planejamento e Finanças, Wanderley Ben Hur, se reuniram por toda manhã no gabinete da prefeitura, eles são os principais alvos da CPI do Calote, que alega que tanto o prefeito como o secretário estão “atrapalhando” o andamento da investigação, não enviando a documentação necessária para apuração. Ben Hur inclusive é o próximo convocado da CPI.

Mês do azar – A situação de Bernal não tem sido fácil nos últimos dias. Não bastassem o grande grupo de oposição na Câmara, o Banco Central liquida o Banco Rural, onde a prefeitura tem R$ 8 milhões depositados. Resgatar esse dinheiro será mais um front de problemas para o progressista. E agosto, apenas está no início.

Assaí – O grupo Pão de Açúcar nem bem inaugurou a primeira loja da rede atacadista Assaí em Campo Grande, já deu início ao projeto para a segunda unidade. O novo “atacarejo” será construído na Avenida Consul Assaf Trad, na saída para Cuiabá, próximo do Terminal Nova Bahia.

Papa pop – O Papa Francisco se tornou pop. Com a declaração de que “se os gays procuram Deus, quem sou eu para julga-los”, ele conquistou o coração da cantora Daniela Mercury, que assumiu o caso com uma jornalista recentemente. Durante a música “Eu nasci há 10 mil anos atrás”, ela disse que o papa “teve um momento de lucidez”.

Gasolina a rodo – Os vereadores de Costa Rica vão ter 7 mil litros de combustível para “gastar” neste ano. O contrato prevê a compra de seis mil litros de gasolina e mais mil de etanol. Os parlamentares ainda tem dois carros de luxo a disposição para “rodar” pelo município.

Estranhas coincidências – O dono do posto, que vai vender 7 mil litros em 12 meses, é Edson Martins Moraes, o Quiabo. A maior coincidência é que o sobrinho, vereador Rayner Moraes Santos (PR), faz parte da mesa diretora da Câmara Municipal. Quiabo é presidente do Costa Rica Esporte Clube, que já recebeu R$ 430 mil da prefeitura neste ano.

De óculos - O prefeito da Capital também passou a usar óculos de grau. Ontem, pela primeira vez, ele surgiu com o novo visual no Facebook, onde divulga a agenda para "a população tomar conhecimento do que vem fazendo por Campo Grande". Se por um lado perdeu cabelos desde que assumiu, o prefeito, agora, ganhou, um par de óculos.

(colaborou Leonardo Rocha)

Prefeito apareceu com novo visual ontem (Facebook)
Prefeito apareceu com novo visual ontem (Facebook)
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário