A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Junho de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


25/11/2016 06:00

Câmara deve brigar na Justiça para validar cassação de Bernal

Waldemar Gonçalves

Notificação – O presidente da Câmara Municipal, vereador João Rocha (PSDB), informou que a casa foi notificada na quinta-feira sobre a decisão da Justiça que manteve Alcides Bernal (PP) na Prefeitura de Campo Grande e considerou sua cassação ilegal. A promotoria ainda vai analisar os documentos para “provavelmente entrar com um recurso de apelação”.

Romper imediatamente – Questionado sobre a possível greve dos motoristas de ônibus do transporte coletivo urbano, o prefeito eleito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), disse que é responsabilidade da atual gestão resolver o impasse. Caso o problema se estenda para o governo dele, que começa em 1º de janeiro, prometeu tomar as medidas para "romper imediatamente" com a situação.

Time completo – Marquinhos também afirmou que não pretende definir o secretariado a conta-gotas. Garantiu que já tem vários nomes definidos, mas só vai divulgá-los quando a lista estiver completa, o que deve ocorrer antes da posse.

Tem que mostrar – O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) voltou a dizer que só sete estados estão adimplentes neste momento no País, sendo Mato Grosso do Sul um deles. "É importante mostrar isto para sociedade, nosso controle das contas, até com medidas duras, foi importante para estarmos em um quadro muito diferente dos demais".

 

Investindo – Reinaldo ainda citou que o Estado, além de pagar em dia fornecedores e servidores, continua lançando investimentos, como na área da segurança, saúde e infraestrutura. Ele ressaltou que neste momento de retração em todo País, muitos estados nem cogitam investimentos, pela crise financeira.

Sem novidade – Convocada a dar explicação na Câmara, ontem, sobre a circular interna que recomenda a suspensão de atividades pedagógicas a alunos da Rede Municipal de Ensino, a partir de 9 de dezembro. A secretária de Educação, Leila Machado, repetiu o discurso de quando a circular vazou.

Mal-entendido – De acordo com Leila, tudo não passou de um “mal-entendido”, que o comunicado foi utilizado fora do contexto e um segundo documento foi divulgado com correção das informações. Além disso, ela garantiu que os auxiliares pedagógicos para alunos com deficiência não serão demitidos.

Sem fim – A leitura e apresentação do relatório final da CPI da Vacina, que deveria acontecer nesta sexta-feira, foram canceladas. O motivo é a ausência do vereador Edson Shimabukuro (PTB), membro do grupo, que estará em viagem oficial. Como haverá votação da peça final da investigação, todos os integrantes da CPI devem estar presentes. O evento foi reagendado para a próxima terça-feira (29), às 13h.

Clima de paz – O deputado estadual Carlos Alberto David, o coronel David (PSC), novato no legislativo, entende que a eleição da mesa diretora da Assembleia Legislativa deve ser feita em consenso. "Uma disputa nunca é boa, acirra os ânimos, e nós vivemos um clima de paz na Assembleia". Ele disse que vai esperar a definição da maioria.

Reforma – O prédio do Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal), em Campo Grande, passará por reforma nos próximos seis meses. O Governo do Estado fechou contrato de R$ 385 mil com a Angra Construções para adequar o local às exigências da Vigilância Sanitária, conforme publicação no Diário Oficial do Estado de ontem.

(com Leonardo Rocha, Ricardo Campos Jr., Richelieu de Carlo e Mayara Bueno)

Marun volta a enfrentar vaias. E responde
De novo - O deputado Carlos Marun (PMDB) novamente passou por vaia em evento público. Foi ontem durante o lançamento do Festival de Inverno de Bonito...
Escolta de juiz consome perto de R$ 70 mil ao mês
Custo - Uma eventual candidatura do juiz federal Odilon de Oliveira (ele tem dito que pode disputar uma vaga ao Senado ou ao Governo do Estado) livra...
Após gravar Temer, um dos donos da JBS veio a MS
Visita ilustre - Um dos irmãos Batista, donos da JBS e deladores na Lava Jato, esteve em Campo Grande em abril. A visita ocorreu um mês depois de Joe...
Acampamento tem escala e até restrição ao trânsito
Continua - O acampamento dos policiais civis em frente à governadoria persistirá pelo menos até o dia 3 de julho, data agendada pelo governo para dar...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions