A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


21/04/2016 07:00

Caravana da Saúde recebe apoio até da oposição

Waldemar Gonçalves

Lenha na fogueira – O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), tem utilizado suas agendas públicas para atirar contra o Legislativo Municipal. Na segunda-feira, acusou vereadores de apoiarem o vice-prefeito, Gilmar Olarte, no sucateamento da Prefeitura. Já ontem, usou parte do discurso no Instituto Mirim para dizer que ainda aguarda ver Olarte e seus companheiros na cadeia.

Chumbo grosso – “Eles estão atrapalhando Campo Grande. Evitaram vários recursos, impediram R$ 12 milhões do Pronaf, rejeitaram reajuste dos servidores, apresentaram leis como essa da ‘mordaça’. Enfim, eles perderam a noção, querendo se comparar ao Eduardo Cunha e criando situações tão negativas como essas que só prejudicam Campo Grande”, disparou Bernal.

Tchau para a igreja – O prefeito fez questão, ainda, de anunciar que o prédio em que funciona “a igreja de Olarte” está voltando para a Prefeitura. Vai abrigar o terceiro Instituto Mirim da Capital, garante.

Repetitivo – Em todas as entrevistas, Bernal reitera que não é pré-candidato à reeleição. Diz que está focado na gestão e que não vai tocar neste assunto antes de julho.

Interpretação má – Em relação ao reajuste salarial dos professores, primeiro Bernal diz que a categoria entendeu sua situação. Desmentido pelos jornalistas, reiterou dizendo que vai entrar na Justiça para bloquear a greve, alegando o direito de os alunos de estudarem. “Acho que eles se arrependeram. Eu nunca vi sindicato rejeitar reajuste. É a primeira vez”, finalizou. Questionado sobre uma possível má interpretação em relação a tantos índices apresentados, Bernal foi enfático: “Não acredito em má interpretação. Acredito em interpretação má”, disse.

Tranquilo com Temer – Ontem, na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Pedro Kemp (PT) falava sobre as condições dos agentes penitenciários em Mato Grosso do Sul, quando Beto Pereira (PSDB) respondeu que a falta de recursos para presídios e segurança na fronteira eram problemas do governo federal. O petista então disse para o colega ficar tranquilo, já que “no mês que vem Michel Temer (PMDB) vai resolver todos esses problemas”.

Elogio da oposição – Kemp ainda criticou quem tem dificultado a presença da Caravana da Saúde em Campo Grande, prevista para maio, lembrando que toda ação neste setor deve ser bem vinda. A proposta enfrenta resistência política de Bernal, que inclusive estaria influenciando o Conselho Municipal de Saúde neste sentido. “Se fosse uma área bem atendida até dava para entender, mas na saúde, onde falta tudo, não há explicação”. Detalhe: o projeto é do governo do PSDB, a quem, em tese, o petista faz oposição.

Barrada na entrada – A ideia de garantir meia-entrada em eventos a policiais e bombeiros foi literalmente barrada ao chegar à Assembleia Legislativa. O autor da proposta, deputado estadual Maurício Picarelli (PSDB), revelou que seu projeto foi arquivado na Comissão de Constituição e Justiça da casa.

Não tinha como – Segundo Picarelli, por esta razão a proposta sequer será votada no plenário. O presidente da comissão, Lídio Lopes (PEN), explicou que eles resolveram votar contra a matéria porque a ideia é inconstitucional. “Se nós aceitássemos, outros segmentos também poderiam requisitar o beneficio e não teria condições”.

Passou de fase – Fase de depoimentos da CPI do CIMI chega ao fim no próximo dia 27. Na última reunião, ocorrida na segunda-feira feira, 18, a presidente Mara Caseiro conseguiu aprovar os encaminhamentos para a conclusão dos trabalhos. Antes, porém, a Comissão deve ouvir o atual coordenador do Dsei (Distrito Sanitário Especial Indígena), Lindomar Ferreira no dia 25.

(com a redação)

DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions