A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


22/12/2010 06:00

Mais lacunas

Jogo Aberto

Os grandes partidos não estão fazendo questão de indicar o vice de Murilo Zauith em Dourados, onde o cargo é visto como não grato. Albino Mendes, vice de Laerte Tetila, não conseguiu se eleger vereador. Luiz Carlos Arruda, que ocupou antes o mesmo posto, rompeu politicamente com o prefeito e ficou sem espaço. Carlinhos Cantor, vice de Ari Artuzi, foi parar atrás das grades.

Defensor de candidatura própria, o deputado federal Marçal Filho parece não ter gostado nada da decisão do PMDB de apoiar Murilo Zauith. Ele deixou a reunião com o governador André Puccinelli, na segunda-feira, com cara de poucos amigos e sem falar com os jornalistas.

Dizem que pegou mal a insistência de Antônio Nogueira em ser candidato a prefeito, disputando a vaga com Délia Razuk, a mesma que o tirou do ostracismo político. Nogueira não ocupava cargo público desde 1992, quando deixou a Secretaria de obras de Braz Melo para ser candidato (derrotado) a prefeito.

A executiva nacional do PT orientou o partido a não se coligar com o DEM em Dourados, principalmente pelo fato de não ser o cabeça de chapa. Aproveitando a ocasião, o vereador Elias Ishy já está na correria por votos dos 152 delegados que definirão se ele poderá ou não ser candidato a prefeito.

O ex-governador Zeca do PT comemorou a decisão. Para ele, o arco de alianças mais correto seria com PSDC, PC do B, PSB e PV. “Mais uma vez o PT mantém a sua linha ideológica e a sua história”, disse.

O ex-prefeito Ari Artuzi faz questão de participar das eleições de Dourados, como eleitor. Ele antecipou que irá para a cabine de votação no dia 6 de fevereiro para votar em Murilo Zauith (DEM).

Até o último momento, assessores de vereadores disputaram convites para a festa de encerramento dos trabalhos na Câmara Municipal de Campo Grande, que aconteceu na noite de ontem, no Golden Class, um salão nobre para eventos. Alguns assessores receberam apenas um convite e tiveram que barganhar para conseguir levar os cônjuges.

Funcionárias da Câmara Municipal não vêem o momento do suplente Alex do PT, considerado muito bonito, voltar para a Casa de Leis. Ele assume em 2011 a vaga de Cabo Almi (PT), eleito deputado. Atualmente, o vereador Herculano Borges (PSC) é considerado o mais belo dos vereadores.

Resultado do simpósio realizado no dia 28 de novembro sobre o grave problema de leishmaniose, a Carta de Campo Grande traz críticas a várias entidades. O documento diz que foi lamentável a saída dos representantes da Secretaria Estadual de Saúde e do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) da Capital da Comissão Estadual de Leishmaniose do CRMV (Conselho Regional de Medicina Veterinária), sem qualquer justificativa.

As entidades também condenaram a ausência de representantes do Ministério da Saúde, da Secretaria Estadual de Saúde e do CCZ de Campo Grande no simpósio, como palestrantes. O CCZ chegou a confirmar a participação, mas acabou não mandando ninguém.

DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...


Eu acho o Alcides Bernal o mais bonito. Aquele cabelo...
 
Maria Capitu Mendes em 22/12/2010 09:19:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions