A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 15 de Setembro de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


31/08/2019 07:00

Caso famoso rende elogios a policiais

Fernanda Palheta e Leonardo Rocha
Homenagem foi por solução do assassinato da musicista Mayara Amaral, em 2017.Homenagem foi por solução do assassinato da musicista Mayara Amaral, em 2017.

Elogiados - Edição do Diário Oficial do Estado desta semana trouxe homenagens a policiais civis que atuaram em um caso de grande repercussão, que ganhou fama nacional: a morte da musicista Mayara Amaral. A lista é enorme, cita delegados, investigadores, escrivães, peritos e médico legista.

Prazo recorde - O elogio público chega 2 anos depois da morte e tem como argumento que “a justa condenação do réu é resultado de um IP (inquérito policial) muito bem elaborado, rico em laudos pericias de excelente qualidade, de um trabalha ágil e detalhado dos policiais do setor de Investigações que, num curto espaço de tempo conseguiu identificar a autoria.”

Esquecidos - O Conselho Superior da Polícia Civil lembrou apenas da equipe da Defurv, Especializada de Repressão aos Crimes de Roubo e Furto de Veículos. Não reconheceu o trabalho inicial do GOI (Grupo de Operações e Investigações), responsáveis pelas primeiras investigações e pela prisão do assassino, Luís Alberto Bastos.

Comigo não – Uma médica de Campo Grande registrou Boletim de Ocorrência indignada com atestados falsos que andam aparecendo pela cidade com os dados dela. Além de assinatura falsa, ela alega que o no carimbo usado para fraudar os documentos o nome da médica aparece com uma letra a mais.

Patrão esperto - O dono se uma sorveteria suspeitou, depois de receber 3 atestados de funcionária, supostamente assinados pela médica. Ele percebeu que não havia código de identificação da doença em nenhum dos formulários e avisou a médica no posto de saúde.

Fake nunca mais - O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) lançou ontem (30) programa para combater a divulgação de fake news, já de olho nos estrados que as falsas notícias podem representar em 2020. O trabalho será feito em parceria com agências de checagem e entidades que atuam em defesa da segurança na internet. Uma das principais preocupações é que as fake news minem a confiança nas urnas eletrônicas. Por isso, entre as ações previstas estão testes em público do sistema de votação.

No pasto - Diante das queimadas na Amazônia, entidades mundiais voltaram a acusar a pecuária de atividade ambiental devastadora, por conta da criação de pastagens e emissão de carbono. Mas nada parece abalar o setor, nem o apelo dos ambientalistas. Em 8 anos, a produção de carne bovina aumentou 139%, mais de 9,8 milhões de toneladas, segundo o Conselho Nacional da Pecuária de Corte.

Para não esquecer – Sempre que o assunto é reforma da previdência, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, tem feito questão de relembrar que saiu à frente de outros administradores e, mesmo arcando com ônus da decisão, fez mudanças nas regras para contribuição dos servidores municipais. Ontem, lembrou disso ao citar que incluir os municípios na reforma em debate no Congresso Nacional traria “certo conforto aos prefeitos de dizer que tem que obedecer Brasília”.

Qual José? – Com nomes muito parecidos, os secretários municipais José Mauro Filho (Saúde) e José Mário Antunes da Silva (Assistência Social), brincaram com isso na manhã de ontem, durante caminhada no Dom Antonio Barbosa, em Campo Grande. José Mário falou que algum dos dois teria que trocar de nome, para não levar a bronca endereçada ao outro.

Slogan – Em recuperação judicial, a rede São Bento vendeu recentemente o prédio que é um marco em sua história, o da Rua 14 de Julho com a Avenida Afonso Pena, onde funcionou a primeira loja. Ali, consta do longo processo, era conhecido como “esquina da saúde”.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions